sábado, 9 de maio de 2009

de uma vez por todas

de tudo o que eu desaprendi
de tudo o que eu aprendi

de uma coisa eu tenho certeza:

ninguem te deixa em paz.
quem estabelece o limite da sua paz, de uma vez por todas, é você.

2 comentários:

bruno_fiuza disse...

há de se achar alguém que não nos leve essa paz embora.

Lulutz disse...

nossa...