terça-feira, 11 de agosto de 2009

pan francés


sempre que eu viajo pra outro país, malandra que sou, lembro de levar um bom dicionário a todos os restaurantes. não é que eu seja fresca com comida, garanto que não sou, mas meu organismo me obriga a determinadas restrições. não como carne e não posso comer gordura at all, nem boa, nem má. lama biliar, diz meu homeopata. é tipo conviver com diabetes. eu ATÉ posso comer gordura. mas eu vou passar mal. vale aprender a avaliar o que vale a pena arriscar. enfim.

adoro viajar e acho digno me aventurar na culinária local, sempre respeitando os pre-requisitos acima. pois bem. estava lendo o adoravel blog da Carol e chorei de rir com o post dela, que me fez lembrar de uma passagem inesquecível numa viagem de outrora pela Cidade do México.

Luana e Mari, 3 dias no México, já se achando as chiquitas mejicanas, resolvem imprimir riqueza e metidice no país alheio gastando muitos pesos num café da manhã caro e chique a la Garcia e Rodrigues.

eis que o dicionário foi esquecido. tolice.

e Luana lê o cardápio, lê, lê, lê, e pensa: "putz, tô de saco cheio dessa comida bizarra pesada mexicana, queria tanto uma coisinha light, tipo chá com torradas". até que saltou aos meus olhos a pérola "pan francés con queso cremoso". hummmmmm. era justo o que eu precisava. um paozinho francês fresquinho com cream chease.

- oye, señor. buen día. me gustaria un pan frances, por favor?!
- si, claro. con pasas?
- (pasas???? passas? nossa, que bizarro!!) no, no, sin pasas!
- dale.

quinze minutos depois, Luana já mordendo a mesa de fome, vem o garçom com essa MERDA da foto na badeja. olha pra mim, sorri e me serve um par de TORRADAS FRANCESAS recheada com uma porra de um mascarpone DOCE, boiando no óleo e uma crosta de açucar com canela em volta.




é sempre bom aprender a ser menos malandra-carioca-pretensiosa-de-que-a-sua-realidade-é-a-única. pan frances. sim. o que eu queria? que viesse "mais pra moreninho?"

fiquei putaça, tentei comer, não deu. paguei uma fortuna por aquela merda, saí, passei numa loja de conveniência, comprei um pack de cerveja mexicana e um saco giga de doritos con extra chilli. se é pra ser junkie, mantenha a dignidade.

3 comentários:

Ciana Lago disse...

ai que deliiiiiiiiiiiiicia!

Carol disse...

ah claro, concordo!

mas adorei o pao frances, hahahaha que meeeerda.

qdo eu pedi pao frances aqui tb me olharam com cara estranha. eu hein gente! pao frances, simples assim!

Mari de Luca disse...

ai bons tempos esses mexicanos...