sexta-feira, 16 de abril de 2010

quina



é que eu vivo
ali,
no fio da meada,
tentando absorver esse mundo pelo avesso.

porque esse inverso alimenta a minha alma
eu moro é na urgência.

Nenhum comentário: