domingo, 16 de maio de 2010

toda trabalhada na emoção

Esse é para as colegas noveleiras de plantão.

Chegou ao fim essa semana, finalmente, "Viver a Vida". De todo o equívoco que foi a novela, o último capítulo serviu para nos mostrar que Manoel Carlos não apenas "não perdeu a mão", como já comentado anteriormente, como o final da novela serviu pro autor se redimir para todo o sempre comigo.

O tema "Superação" não me cativou. Tá, ele foi importante e teve seu papel social, mas a novela foi arrastada, chata, melodramática e me fez sentir falta das polêmicas dos folhetins de outrora.

No entanto, ontem, sentada no sofá, controle remoto na mão, resolvi dar um crédito ao Maneco. E agradeço. O depoimento do pianista José Carlos Martins no final da novela foi uma das coisas mais bonitas que já assisti em toda a minha vida. Um soco no estômago daqueles certeiros, bem dados, que faz os olhos explodirem em lágrimas de alívio. porque a vida é uma coisa boa de se viver. Porque ainda existe esperança. porque, graças a Deus, ainda não embrutecemos completamente. sensivel, corajoso, poético. E transformador.

Vale a pena assistir mil vezes AQUI.

Um comentário:

Julieta Abiusi disse...

Inspirou-me um post! Gracias :o)