terça-feira, 1 de junho de 2010

cidadania italiana diretamente na Itália


eu vinha há tempos querendo escrever sobre isso. mas, sabe como é: os dias passam, a gente se mata de trabalhar, entra na Roda da Vida e acaba passando o momento. mas agora resolvi falar.

pouca gente sabe, mas o motivo que me fez passar quase 2 meses da minha vida na Europa no fim do ano passado foi bem definido. dessa vez eu não ia conhecer o velho mundo, fazer amigos, me apaixonar por novas pessoas e suas culturas, nada disso: fui obter minha cidadania italiana diretamente na Itália. uma decisão difícil e acertada. por isso escrevo.

escrevo para ajudar àqueles que estão na mesma situação em que eu me via até meses atrás. àqueles que depositam suas esperanças na chance de uma vida melhor no Velho Continente… ou simplesmente querem ter as portas abertas para você. não era o meu caso, nem um nem outro. ou era o meu caso, cada um: eu queria um backup plan. sabe? se algo não saísse como planejado? se eu resolvesse mudar de idéia, de ares, de vida? foi pra isso que eu fui atrás.

ter reconhecidos seus direitos de cidadão europeu não é fácil, nem aqui nem lá fora. é muita mão de obra, muito $, muita bateção de cabeça, muita burocracia e, pior: muito tempo. sempre demora.

mas… como fazer?

nesse caso eu falarei somente pelo processo italiano, que é no que me especializei. mas tem uma coisa que vale pra todos os países da Europa: o primeiríssimo passo é descobrir se você TEM DIREITO de ter cidadania europeia.

e como saber?

bom, se você leu até aqui é porque se interessa pelo assunto ou porque pelo menos acha que tem. basicamente tem direito a cidadania por JUS SANGUINIS todos os cidadãos italianos nascidos fora da terra dos carcamanos, desde que fujam de algumas exceções e respeitando algumas regrinhas:

- acredito que até umas 4 gerações se tem direito, ou seja: se o seu tataravô era italiano, você pode ter direito à cidadania.

- não pode ter mulher na linha de descendência, se elas forem nascidos até 1948. isso porque até a Constituição desse ano as mulheres não tinham os mesmos direitos dos homens… então nem adianta: se alguma mulher na sua linha de ascendência nasceu antes dessa data, você não tem o direito.

- para saber se tem direito, procure o consulado italiano mais próximo e se informe. aproveite e já veja quais documentos você precisa apresentar para ter a cidadania reconhecida.

se o seu caso é um daqueles fortuitos de alguém da sua família já ter conseguido a cidadania através do consulado daqui, meu bem… o que está esperando? consiga os documentos que faltam e mãos à obra. demora pouquinho pra sair.

mas não é o caso da grande maioria e a frase mais ouvida por quem está no processo é: cada caso é um caso. e é. essa lição eu aprendi na marra. então na verdade não adianta tentar copiar o processo de um amigo que deu certo. nada diz que o que funcionou com ele vai ser igual com você. mas, basicamente, o que você precisa ter de documentos são TODOS os que provem a linha genealógica do Italiano até você. TODOS: nascimento, casamento e óbito. tem todos? ótimo. providencie 2a via de todos eles EM INTEIRO TEOR, uma modalidade meio diferente de certidão, que, em linhas gerais, contém mais informação do que a certidão convencional. se você respondeu sim até aqui, que sorte a sua. avance 10 espaços.

a piadinha é porque, óbvio, dificilmente esse caso vai ser o seu. ninguém tem essas certidões todas, e pouquíssimas pessoas (como foi no meu caso) tem sequer a informação de onde o italiano veio, onde casou, se aqui ou na Itália, etc, etc, etc. essa lista de etcs é gigante e já aqui dá vontade de desistir. e ainda falta, viu?

então, a primeira coisa a fazer é conversar com sua família. toda. eu aproveitei um Natal e expus o que pretendia pra ver quem lembrava do que. onde casou, onde nasceu, se tem mais filhos etc. vale uma visita à tia-avó caduca, uma conversa com a mãe, tudo. e aqui o processo já fica interessante porque nada mais é do que uma busca das origens. no final, todo mundo sai ganhando.

eu não sabia nem a cidade exata onde meu bisavô havia nascido. data, nada. mas tinha uma força de vontade que não me deixava desistir. e, se escrevo esse longo post hoje, é porque consegui: sou finalmente cidadã italiana.

além disso, vale ler TUDO sobre o assunto. Google, Orkut, sites, blogs. tem muita informação por aí e só vai te ajudar a entender o processo.

pra quem não tem informação nenhuma, a busca é praticamente impossível. você precisa saber onde buscar as certidões. eu, no meu caso, não sabia direito a cidade natal (descobri, é Capannori, Toscana) e nem a data e não tinha a certidão de casamento dos meus bisavós. não sabia onde eles casaram. mas fui no rastro. e consegui, pé ante pé, ir descobrindo, refazendo o caminho deles, retomando forças, rezando (sim, rezando), chorando (sim, chorando), me frustrando, me alegrando com cada pequena descoberta. não me arrependo.

provavelmente seu antepassado entrou no Brasil por Santos ou Vitória. existem alguns lugares para procurar informação: o Memorial do Imigrante, em Sampa, a Curia Metropolitana, o Arquivo Nacional ou o Consulado Italiano mais próximo (duvido que adiante algo) ou… cada caso é um caso. no meu caso, pra se ter uma ideia, eu abri duas frentes: contratei um advogado na Italia para achar a certidão de nascimento do meu bisavô (esse serviço custa entre 300 e 500 Euros e vale cada centavo) e, em paralelo, levantei todas as igrejas e todos os cartórios que existiam em São Paulo na década de 20, porque, se meus bisavós se casaram, lá estava a chance de encontrar. tirei 1 semana de folga e fui pessoalmente a 19 cartórios da maior cidade do Brasil em busca da certidão de casamento deles.

tem os documentos italianos? mole! encontre no Google os contatos do cartório (ou da paroquia) que os expediu, ligue pra lá ou mande um e-mail e peça uma 2a via. não fala italiano? ahhh meu bem. nem eu. quem disse que ia ser fácil? nesse caso, viva o Google Translate… ou ligue e pergunte: PARLA INGLESE? provavelmente a resposta será não. talvez seja mais fácil escrever pro cartório, esperar uns 4 meses e rezar para a certidão chegar aqui.

voce vai precisar também provar que o italiano não se naturalizou brasileiro. isso é muito fácil: pelo site do Ministério das Relações Exteriores você consegue imprimir na hora. basta digitar "CERTIDÃO NEGATIVA DE NATURALIZAÇÃO" no Google.

nesse momento você já deve estar se dando conta de que o processo cansa e é caro. pense bem se vai querer encarar.

já sabe onde está tudo? ok, 2a via de inteiro teor de tudo. caso não seja na sua cidade e você não conheça ninguém por perto, basta você ligar para o cartório, explicar a situação, passar os dados todos do que você quer (nome, ano, data, folha, livro, o que souber) e pedir ou uma busca (no caso de você não ter uma certidão velha em mãos), combinar como será feito o pagamento (entre R$10 e R$20 cada certidão + correio…) e esperar.

chegou? ótimo. veja onde esses tabeliões que assinaram as certidões tem firma registrada na sua cidade, caso você more em uma cidade grande. senão, já veja quando pedir onde eles tem na cidade deles mesmo… você acha isso num CARTÓRIO DE REGISTRO DE NOTAS. se ele não tem firma na sua cidade (são umas 10 certidões que passam por esse processo), já consiga um motoboy que busque o documento no cartório da cidade em questão, leve pra reconhecer firma e despache pra sua casa via correio. se toda a sua família nasceu, casou e mora onde você mora, sorte a sua. duvido.

está com tudo nas mãos? encontre o tradutor juramentado mais próximo da sua casa. essa informação você encontra no péssimo site do consulado da sua cidade. precisa traduzir todos os documentos em português para levar ao consulado. depois disso, você deve ir no Ministério das Relações Exteriores, num departamento que no Rio atende por ERRE-RIO e fica na Rua Marechal Floriano, no Centro, para carimbar que aqueles documentos ali são válidos.

e aí vem a questão:

dar entrada no processo aqui ou fazer como fiz e reconhecer a cidadania direto na Itália? eu defendo aqui a difícil 2a opção. mas é uma decisão muito pessoal.

fazer o processo no Brasil, começando do zero, demora no mínimo 10 anos. sim, DEZ ANOS. eu não dispunha desse tempo porque queria fazer o processo justamente ainda jovem, para aproveitar. eu tinha um trabalho que me permitia passar alguns meses lá. mas isso eu acho que qualquer um tem se tiver o 3o pré-requisitos: eu queria mais que tudo fazer. trabalhei igual a um camelo por quase 2 anos, juntei $, pedi demissão e fui. mas aqui entra a realidade de cada um. e a partir daqui eu falo só do meu caso, de fazer na Itália, porque sei pouco da outra forma.

cheguei no Consulado antes das 6h da manhã. precisava LEGALIZAR esses documentos brasileiros para dar entrada diretamente na Itália. é um direito seu, não ache que está enganando ninguém. mas prepare-se para te tratarem mal. não sei porque, maluquice de Italiano. esse processo de legalização não demora nada se for no Rio. 15 dias. em Curitiba, dizem, anos. Porto Alegre é ainda pior. mas você precisa provar que mora naquela jurisdição através de um documento que a sua ZONA ELEITORAL te dá informando seu endereço. então, ou você dá um jeito de ter 6 contas de luz com um endereço de outro estado no seu nome, ou você espera. ou você paga.

sim, paga. claro. vivemos no país do jeitinho. certamente um jeito deve ter. eu não precisei, logo não conheci. mas fica o touch, se alguém achar que deve. e, falando em pagar, vem a 2a difícil decisão e talvez a mais importante: fazer o processo na Itália por conta própria ou contratar um advogado para fazer isso por você. eu pensei no assunto por 5 minutos e resolvi ceder ao advogado. eu não falo quase nada de italiano, não sei direito os detalhes do processo, não queria perder tempo demais num país estrangeiro, sozinha, batendo cabeça. custa caro? custa. vale cada centavo simplesmente porque você vai ter alguém fazendo o processo por você. se burocracia aqui é difícil imagina em outro país, outra língua, com outras leis??? pra mim, não deu. esse advogado vai te cobrar entre 2 e 3 mil euros. é, meu bem. é caro. mas ele vai fazer acontecer o seu processo. é o trabalho dele. achei melhor pagar e ter do que não pagar e nunca ter. mas o principal motivo que me fez procurar um advogado nem foi esse. todos os depoimentos que li na internet de pessoas que tinham ido por conta própria mostravam que a pessoa tinha se arrependido. gasta-se tempo, dinheiro e, muitas vezes, ela acaba contratando alguém. não dá, pelo menos pra mim. resolvi não arriscar.

o advogado vai basicamente conferir os documentos, te orientar, te receber na Italia, te explicar em linhas gerais e, o principal, alugar um apartamento (ou uma vaga em um) pra você. essa é a parte mais difícil de quem decide fazer por conta própria: conseguir um imóvel pra chamar de seu… lá. se alugar um apartamento aqui é difícil, imagine lá, sem CPF, falando línguas que ninguém fala (português, inglês…), sem lenço e sem documento. mais um latino. imigrante. ilegal. eu nem tentaria.

demorei até achar um advogado que me dava o que eu precisava. demorei a confiar nele. claro. cresce a cada dia o número de brasileiros que caem nas mãos de oportunistas nesse processo. por que? provavelmente porque nós, brasileiros, cultivamos essa cultura do jeitinho, de querermos nos dar bem sempre. e acabamos nos precipitando e fechando a proposta mais barata, mais fácil… sem ter nenhuma referência da pessoa, sem garantias, sem nada. eu, pelo menos, nunca soube de ninguém que tenha feito o processo direitinho, com alguém recomendado, e tenha se dado mal. quem quiser dicas de advogado, basta perguntar para quem já passou pelo processo ou deixar um comentário aqui.

fazer o processo na Itália muda um pouco de comune para comune. eu fiz em Ardore, sul do sul da Itália, perto de Reggio Calabria. vantagens: era um comune pequeno, logo, o processo é bem mais rápido do que em um grande centro. assim como no Brasil, a política nas cidades pequenas funciona muito através do tráfego de influências. os caras fazem tudo dentro da lei, mas… é mais rápido. o cara conhece o prefeito, que é amigo do dono da casa onde você se hospedou… e tudo acontece rapidinho, porque eles são os principais interessados em te tirar dali e colocar outro cliente no lugar. a desvantagem? não há NADA a fazer em uma cidade assim. nada… NADA. e isso pode te enlouquecer um pouco, principalmente se você viveu, assim como eu, numa cidade grande por toda a vida.

Ardore é uma cidade com 1000 habitantes no Sul da Calábria. tem ideia do que esse número representa? é como morar num FEUDO onde a vida não passa, o relógio não anda, todos controlam cada passo da sua vida. e a única diversão que você pode ter é decidir se vai à sorveteria (que não abre todo dia) ou ao supermercado (que fecha das 13h as 16h todos os dias).

mas isso, na verdade, faz pouca diferença. reconhecer a cidadania na Itália implica em provar que você mora lá. como? no meu caso, com um bom advogado. que te recebe na estação de trem, te leva pra casa que ele alugou pra você e onde você vai morar por um período de 15 dias a 4 meses. então, os processos são:

- em até 8 dias depois da sua entrada na Itália, fazer a declaração de presença.

- fazer o código fiscale, uma espécie de CPF de lá.

- ir ao Comune (prefeitura) fixar a residência. Chama-se inscrição anagráfica. você dá entrada nos seus documentos provando que mora lá. quais documentos? depende do Comune. por isso, recomendo o advogado. pra te poupar tempo, principalmente se você não fala italiano.

- se tudo der certo, entre 8 e 15 dias depois, o Vigile (uma espécie de guarda X9) passa lá para checar se você de fato mora naquele endereço.

aí vem a pior parte: até isso acontecer, você não deve sair de casa entre as 8h e as 21h. sim. na Itália, sozinho e praticamente em um Big Brother. e a internet funciona como uma carroça e resta a você comprar comida no supermercado (o momento mais legal do seu dia), jogar cartas com outros brasileiros que estejam lá com você, passar o dia tentando se conectar à internet e… pensar na vida. parece fácil, mas só estando lá pra saber que serão as semanas mais longas da sua vida. se eu fosse novamente, teria levado 2 livros a mais, alguns jogos, palavras cruzadas e o que mais viesse à minha cabeça. e olha que eu tinha meu irmão e minha cunhada juntos. é difícil fazer esse tempo passar. mas aí o Vigile passa e a alegria é geral.

a partir daí, fica a seu critério decidir se você vai esperar o processo ficar pronto na cidade onde deu entrada, viajar pela Europa ou voltar para o Brasil. sim, é possível. você deixa uma procuração no nome do seu advogado e ele "toca" o processo pra você de lá. provavelmente o Vigile nunca mais vai voltar para ver se você continua morando lá. se ele voltar… bem, aí seu advogado te avisa e você vai ter que pegar um avião e voltar à Itália. mais uma vantagem do trafégo de influência do Comune pequeno: isso nunca vai acontecer.

- dar entrada no pedido de cidadania. o Comune vai pedir ao consulado brasileiro que ele confirme a Mancata Renuncia, que é nada mais do que o consulado italiano onde você deu entrada no Brasil confirmar que nenhuma daquelas pessoas na sua linha de ascendência renunciou à cidadania italiana. e é justamente essa a parte que demora.

resta então esperar entre 2 e 5 meses para o processo sair. geralmente você vai precisar voltar ao Comune para assinar e receber a cidadania. GERALMENTE. torçam para serem a exceção dessa negrinha acima. mas é raro, viu.

e aí, cidadania europeia na mão, você pode dar entrada no seu passaporte lá mesmo naquela região administrativa (provavelmente em 15 dias). senão, basta dar entrada nos documentos em qualquer consulado italiano do mundo e fazer o tão sonhado passaporte vermelho.

e aí… aí vem o começo de tudo. mas isso é assunto para o próximo post. esse ficou enorme, né? mas espero ajudar alguém com isso.

::

pessoal,

desde que postei esse texto já ajudei muitas e muitas pessoas. eu tenho o maior prazer em ajudar porque passei muito perrengue pra conseguir meu passaporte.

se você precisa de ajuda, faça um comentário aqui e deixe seu email (sem email, não tenho como ajudar). funciona muito me adicionar no skype também: luamaislegal. facebook funciona, mas as mensagens vão pra caixa "outros" e demoro a ler. mas funciona.

uma coisa que sempre falo foi que durante meu processo eu me estressei bastante com o dia a dia. é um jogo, você só ganha se estiver muito bem preparado pra ele. tive várias divergências com meu advogado porque o processo demora e você está numa situação muito vulnerável.

se você leu até aqui certamente está em busca da sua cidadania, ou jamais perderia seu tempo com isso. escrevi tudo isso porque sei que é muito difícil estar na sua situação. no entanto, se você quer somente o contato do meu advogado, eu não vou poder ajudar. é muito fácil você conseguir isso sozinho: basta digitar cidadania+italiana+itália no google e vão aparecer mil opções.

escrevo isso porque muitas vezes recebo um email "oi, me dá o contato do seu advogado?". e, honestamente, não trabalho com isso, não posso me responsabilizar pelo trabalho dele, não quero me envolver. 
sei que é difícil esse momento e nos sentimos muito inseguros. e eu mesma queria um contato "de confiança". mas, como disse, tive muitos problemas durante o processo. você também vai ter os seus. não acredite em tudo que ouve - que são 2 meses, que é tudo lindo, que é fácil. não é. 

se quiser conversar sobre o processo, tirar dúvidas que eu saiba a resposta e, quem sabe, precisar de um contato de advogado, eu posso indicar. mas se quer só um contato, vai no google.

escrevi esse texto e venho há 4 anos ajudando pessoas que vivem esse mesmo perrengue de buscar a cidadania italiana pelo simples fato de que, quando eu precisei, não tive ajuda. não encontrei um texto como esse em lugar nenhum. escrevo isso porque, quando eu estava na Itália esperando meu passaporte, comecei a me questionar "o que é ser cidadão europeu?". e você? já pensou pra quê você quer ser cidadão italiano? o que é ser cidadão? claro que a jornada é individual e não existe resposta certa pra essa pergunta. mas vale se perguntar.

existem vários advogados e o processo é caro mesmo - hoje deve estar entre 2500 e 3500Euros. precisa se planejar muito pra embarcar nessa. 

mas, por favor, SEMPRE deixe seu email aqui.

obrigada :)
Luana


231 comentários:

1 – 200 de 231   Recentes›   Mais recentes»
Carol disse...

ca-ra-co-la

eu li inteirao e, juro, no primeiro terco, já estava DOIDJA.

agora fala: o teu processo acabou mesmo? vc tá indo pra lá assinar??

ai ai

parabéns pela persistencia!

Vanessa disse...

Ufa! Li tudo.
Uau, Luana!
Congratulazioni!

Vanessa disse...

Parabens Luana pela sua persistencia.Li tudo e com certeza tirou algumas duvidas minha sim, porque estou quase na sua mesma condição, eu ja fui a Italia so que não consegui nada porque não tinha ainda todos os documentos, agora consegui juntar todos..Estou pensando em voltar a Italia e dessa vez voltar com a cidadania reconhecida...Gostaria de saber detalhes sobre esse advogado que deu entrada ao seu processo, nome, endereço, telefone, e-mail o que vc tiver dele por favor..
Muito obrigada pela colaboração foi de grande ajuda..

Anônimo disse...

sciatica accutane

http://accutane.socialgo.com

Ali la Loca disse...

Parabéns, Lu.

Eu sou daquele grupo de pessoas que sofre pela lei italiana ter discriminado à mulher até 1948. Minha vó é italiana, ainda mora lá, mas nasceu em 1922. :(

Enfim, me contento em ser casada com um cidadão português. O Rico conseguiu dupla cidadania alguns anos atrás, e foi uma batalha parecida com a que você conta aqui...só que descobriram que o avô dele (o português) nasceu com outro sobrenome. Ele foi pro Brasil ainda criança, acompanhado por um tio. Pra fazer parecer pai e filho viajando juntos, a família resolver mudar o sobrenome do avô do Rico...só que não contaram para ninguém! Imagina a dificuldade pra conseguir o certidão de nascimento dele (ele é falecido), sendo que estava com outro nome!

beijos.

Birá disse...

Yes, we can!

Diogo disse...

Olá, pode haver mulheres nascidas antes de 1948.. só que seus filhos devem nascer após essa data.

EX.:

BISAVÔ (N. 1902) > AVÓ (N. 1937) > PAI > (N.1965)

A MULHER NASCIDA ANTES DE 1948 RECEBE A CIDADANIA PORÉM NÃO A REPASSA SE SEU FILHO NASCER ANTES DE 1948...

:)

Diogo disse...

Olá, pode haver mulheres nascidas antes de 1948.. só que seus filhos devem nascer após essa data.

EX.:

BISAVÔ (N. 1902) > AVÓ (N. 1937) > PAI > (N.1965)

A MULHER NASCIDA ANTES DE 1948 RECEBE A CIDADANIA PORÉM NÃO A REPASSA SE SEU FILHO NASCER ANTES DE 1948...

:)

Juliane disse...

Nossa. Qta coisa. Sabe, eu estou em um processo desesperado. Seu post me ajudou bastante. Que bom que existem pessoas dispostas a ajudar e trocar experiências. Eu sou bisneta de italiano, sei onde meu avô nasceu e meu tio avô (irmão do meu avô e filho do bisa italiano) já tem a cidadania. Eu estou indo ficar seis meses na Italia (a partir de novembro). Preciso solicitar os docs todos. O problema é que o nome do meu avô (brasileiro) está com problema de grafia e não sei como fazer nesse caso. O outro problema é que o cartório não fornece certidão de inteiro teor se não for via juiz. Então é isso, penso que o primeiro passo seria arrumar as certidões... espero que isso não demore.
Gostaria muito de trocar figurinhas com você. Iria me ajudar muito.

Abç
Juliane (juliborsa@hotmail.com)
http://juntosnomundo.blogspot.com/

Luana disse...

pessoal,

eu quero ajudar todo mundo, mas preciso que as pessoas deixem os contatos, email etc, pra que eu possa entrar em contato.

ok?
bjs
Luana
www.quaseindo.com.br

Anônimo disse...

Olá , Luana...
li tudinho aqui e fiquei muito interessado em conversar melhor com você pra saber , desse advogado e algumas outras coisas.. eu estou indo pra itália agora em setembro.fico aguardando um retorno seu pra gente se falar melhor segue meu email: carlinhospedrosaa@hotmail.com , desde já... obrigado!!
Carlos Pedrosa.

Renata Salzano disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Chef Eduardo Culpi disse...

Bom dia Luana, adorei as dicas de seu processo, estou começando o meu, porém já dei com a cara na porta, pois não sei onde encontrar os documentos de meus bisavós, nascimento, casamento e óbito, só sei que vieram de vicenza, sou de Curitiba, já procurei por tudo aqui e não achei nada, onde devo procurar? gostaria tambem do contado de seu advodado pra ajunar no meu processo pois em junho de 2011 vou a italia e gostaria de ter tudo em mãos para dar entrada, abraços.
Att Eduardo Culpi.

Francisco Baroni disse...

Parabéns pelo blog Luana, gostaria de informações do advogado como email, telefone enfim..
Agradeço desde já....

EMAIL: fjbabc@gmail.com

Party Baloons Arte em Decoracoes com Baloes disse...

OLa!!!!
bela historia !!! e longaa
gostaria muito de conversar com vc , estou c os documentos e tenho duvidas..
se possivel me passa seu contato do advogado.
carol81zem@hotmail.com
bjsss
Carol

renata disse...

Ola Luana, encontrei seu blog por acaso e ja tomei a decisao em ir para Italia como vc fez, e gostaria de conversar com vc! Se puder me escrever, ficaria muito grata. Meu email é resalles85@yahoo.com.br
Obrigada,
Renata

marcelafrancioli disse...

Oi Luana, eu vou começar a juntar os documentos para tirar minha cidadania por isso gostaria de saber algumas informações sobre como vc conseguiu a sua.pode me passar o email do seu advogado? meu email é marcelafrancioli@hotmail.com obrigada

Lud disse...

Luana, já estou com todos os documentso em mãos! Tava querendo ir sozinha para Italia, mas estou achando um pouco arriscado a gastar mais! Preciso de um advogado de confiança. por favor me passe o seu flor!

ludmillac@gmail.com

Palhares disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Palhares disse...

oi Luana!!
será que pode me ajudar passando o contato desse advogado que vc fez todo o processo???
sou do Rio tbm..

meu email: palhares.recco@hotmail.com

bjs e parabéns!!!

Amanda disse...

Oi Luana eu vou começar meu processo de cidadania,vou fazer diretamente na Itàlia.Quero contratar um advogado pra me orientar,mas tem que ser alguèm sèrio, de confiança,pois não quero entrar em ``roubada``... Seria possìvel vc me passar o contato do advogado que vc contratou là, iria me ajudar muito... Meu email é amanda-84@hotmail.com Obrigada fica com Deus

cloud1 disse...

Olá Luana,

Parabéns pela determinação!
Vc pode me indicar seu advogado?

Grato!
Bruno
bruno.battezzati@gmail.com

Ana Paula Vieira disse...

Oi Luana eu vou começar meu processo de cidadania,na verdade já levantei algumas certidões no Brasil. Estou em Londres pensando em ir para a Itália em Janeiro para tentar conseguir a cidadania quero contratar um advogado pra me orientar,mas tem que ser alguèm sério, de confiança... Vc me passar o contato do advogado que vc contratou lá....acho que minha família também é da Calábria, mas ainda não sei.....e isso iria me ajudar muito... Meu email é ana.vieira@ymail.com Obrigaduuuu fica com Deus

Ana Paula Vieira disse...

Oi Luana eu vou começar meu processo de cidadania,na verdade já levantei algumas certidões no Brasil. Estou em Londres pensando em ir para a Itália em Janeiro para tentar conseguir a cidadania quero contratar um advogado pra me orientar,mas tem que ser alguèm sério, de confiança... Vc me passar o contato do advogado que vc contratou lá....acho que minha família também é da Calábria, mas ainda não sei.....e isso iria me ajudar muito... Meu email é ana.vieira@ymail.com Obrigaduuuu fica com Deus

cidadania italiana disse...

Olá, boa noite, li e gostei muito do roteiro, por que estou na fase de legalizaçao junto a Consulado, e assim gostaria que me indicasse os assessores, que foram de confiança.

cidadania italiana disse...

Olá, boa noite, poderia me fornecer o e-mail do seu assessor para a cidadania italiana. agradeço

ipbrasil22 disse...

Olà, pode fazer a gentileza de me enviar o contato do Advogado que te ajudou no seu processo??? Please???
isaiahpenteado@hotmail.com

Muitissimo agradecido
Deus te abencoe na sua caminhada!!!

vera bassi disse...

PARABENS LUANA SEU DEPOIMENTO ESTA ME AJUDANDO MUITO.....POR FAVOR ME PASSE O CONTATO DESTE ADVOGADO QUE TE AUXILIOU...NOME FONE, E-MAIL...OBRIGADA DESDE JA.....

vera bassi disse...

PARABENS.LUANA...SEU DEPOIMENTO ESTA SENDO MUITO UTIL PARA MIM...GOSTARIA QUE ME PASSASSE O CONTATO COM ESTE ADVOGADO QUE TE AJUDOU....NOME..E-MAIL.....
MEU E-MAIL...verabassi@hotmail.com



..

Dani Osório disse...

Olá Luana,

Adoraria se você pudesse me mandar os dados do advogado que fez seu processo na Itália.

Super Obrigada!

Daniela
daniela.osorio@uol.com.br

Bruno Contursi disse...

Oi Luana,

Post bem escrito e com todas as principais informações. Parabéns.

Você teve muita coragem.

Definitivamente, não é para qualquer um.

Se você puder, gostaria do contato do advogado que lhe assessorou na Italia.

brunocontursi@gmail.com

Um abraço,
Bruno.

larissa disse...

Oi Luana...ótimo suas dicas...parabens pela iniciativa de ajudar!
Gostaria de conversar com voce...deixo meu msn larizilli@hotmail.com
fica na paz!!!

kelter caye disse...

Luana parabéns pelo seu post, nossa ele ajuda e muuuito os italo descendentes que estão nessa busca implacável pelo reconhecimento da cidadania italiana....
minha história ta parecendo a sua ja.. rsrs Há umas 2 semanas comecei a "correr" atras das informações aqui no Brasil à respeito da minha descendencia, e ja vi que vai ser dificil...
a familia nao ajuda, tenho poucas informações, ja levantei algumas informações de custo e vi que não é nada barato, e estou igual um louco mandando email pra tudo quanto é cartório que eu imagino que tenha alguma coisa...rsrs. enfim.
gostaria que voce me passasse o contato desse advogado que fez pra voce na italia, e se puder me adiciona no email..

meu email é keltercaye@hotmail.com

obrigado

Do Baú disse...

Olá Luana. Já tenho todos os documentos prontos e passagem ja comprada pra Itália. Gostaria do nome e contato do advogado que fez teu processo de dupla cidadania. Muito obrigada
adrianepizzolo@hotmail.com

Paula Romero disse...

Oi Luana,

Voce pode me dar o contato do seu advogado tambem?

paularomerolopes@gmail.com

Brigadaaa

Teacher Tatiana - English is fun! disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Pekalizador de Jamera disse...

Começei a ler seu post e desisti antes da metade!
Não que eu não goste de ler ou que tenha desanimado da cidadania, mas você dá muita volta pra falar as coisas! Fala muita coisa sem importância, suas opiniões, pensamentos, piadinhas, etc, e fica cansativo de ler!

fabiopetelin disse...

Parabéns pela sua persistência Luana!!

Estou no mesmo barco que você. Somente hoje (isso mesmo, Hoje!!) descobri a data de nascimento do meu bisavô na Itália. A cidade descobri há alguns dias.
Quero obter o reconhecimento da cidadania direto na Itália, assim como você e estou me preparando pra isso. Já estou preparado para as burocracias afinal, já são cerca de 9 anos de pesquisa e reunião de documentos.
Quando estiver preparado, com tudo em mãos pra partir, faço contato e espero algum conselho e dicas a mais.

Grande abraço!!

Fabio Petelin

joao pessoa disse...

fiz o meu processo de cidadania com a empresa ferreira immigration que te acessora muito bem na italia e os preços sao bem acessivèis pesquisei varios advogados mas eles trabalham bem e fazem contrato sao bem trasparente quem tiver interesse deixo o contato
documentonaitalia@hotmail.com
www.ferreiraimmigration.co.uk

Aline Agustini disse...

olááááá...
estou correndo atrás da minha cidadania junto com meu irmão, e gostaria do contato do advogado, é possível????
estou com vários documentos em mãos e gostaria de ir até a itália pra resolver isso mais rápido.
aline_agustini@hotmail.com

Aline Agustini disse...

olááááá...
estou correndo atrás da minha cidadania junto com meu irmão, e gostaria do contato do advogado, é possível????
estou com vários documentos em mãos e gostaria de ir até a itália pra resolver isso mais rápido.
aline_agustini@hotmail.com

Leandro Feldmann disse...

Olá Luana,

vc poderia me enviar o contato do seu advogado?

abs,

Leandro

feldmannleandro@yahoo.co.uk

lorena tredicci disse...

Ola Luana, adorei o seu post e creio que é de grandisima ajuda pra todos nos que queremos correr atras desse sonho que ao mesmo tempo parece tao dificil.
Gostaria que se for possivel, voce me enviasse o contacto do seu advogado. Ja tenho quase todos os documentos prontos.
Desde ja agradeço.
Lorenatredicci@hotmail.com
Obrigada e tudo de melhor para ti :)

lorena tredicci disse...

Ola Luana, adorei o seu post e creio que é de grandisima ajuda pra todos nos que queremos correr atras desse sonho que ao mesmo tempo parece tao dificil.
Gostaria que se for possivel, voce me enviasse o contacto do seu advogado. Ja tenho quase todos os documentos prontos.
Desde ja agradeço.
Lorenatredicci@hotmail.com
Obrigada e tudo de melhor para ti :)

in-conciente disse...

Olá boa tarde, gostei muito do seu post e estou muito interessado em tirar a minha cidadania tb, gostaria de saber como contatar esse advogado que vc citou. Vc poderia me ajudar?
Meu contato é:
cemerson@ig.com.br
Obrigado.

Unknown disse...

Oi, O seu relato meu ajudou muito. Gostaria dos dados do seu advogado na Itália, se possível. Meu e-mail é sandravianatjdf@gmail.com.

Obrigada,

Unknown disse...

Oi, O seu relato meu ajudou muito. Gostaria dos dados do seu advogado na Itália, se possível. Meu e-mail é sandravianatjdf@gmail.com.

Obrigada,

sandra disse...

Oi, muito legal o seu blog. Foi muito esclarecedor essa questão de cidadania direto da Itália. Gostaria, se possível, dos dados de seu advogado. Obrigada.

Meu e-mail é sandravianatjdf@gmail.com

sandra disse...

Oi, muito legal o seu blog. Foi muito esclarecedor essa questão de cidadania direto da Itália. Gostaria, se possível, dos dados de seu advogado. Obrigada.

Meu e-mail é sandravianatjdf@gmail.com

sandra disse...

Oi, muito legal o seu blog. Foi muito esclarecedor essa questão de cidadania direto da Itália. Gostaria, se possível, dos dados de seu advogado. Obrigada.

Meu e-mail é sandravianatjdf@gmail.com

adriano disse...

valeu mesmo por toda informação.
se puder, gostaria de ter o contato do advogado
adrianosalibi@yahoo.com.br

Candotti disse...

Luana , adorei seu post e o mesmo serviu de encorajamento e no futuro vai servir ainda mais para me dar corageme ir a luta .

Eu pensei, que so pra mim as coisas nāo andavam, nada acontecia rápido. Com o tempo aprendi com calma e sem ansiedade que as coisas acontecem, demorando, sofrendo ou nāo as coisas tem que acontecer.

Um super aprendizado o seu post.

Eu tenho um contato para me acessorar por lá, mas mesmo assim, se possivel, gostaria de ter o contato do seu advogado por lá.

Obrigado.
Rafael

okcandotti@gmail.com

luks disse...

Ola Lu, amei mto a sua saga, parabens, nao sei se conseguiria, mas enfim, vou te pedir ajuda no meu caso, minha familia tem a cidadania, so eu que nao tenho, porque? por que qdo na epoca em que pegaram os passaportes em sao paulo, eu havia completado 18 anos, estou tentando agora tirar, e a cidade fica em siracusa na sicilia, o comune ja tem todos os documentos da familia, como devo proceder?
obrigado pela sua coragem.

luks disse...

Ola Lu, amei mto a sua saga, parabens, nao sei se conseguiria, mas enfim, vou te pedir ajuda no meu caso, minha familia tem a cidadania, so eu que nao tenho, porque? por que qdo na epoca em que pegaram os passaportes em sao paulo, eu havia completado 18 anos, estou tentando agora tirar, e a cidade fica em siracusa na sicilia, o comune ja tem todos os documentos da familia, como devo proceder?
obrigado pela sua coragem.

Junior Cardoso disse...

Parabens, já estou ficando louco e ainda estou reunindo documentos, mas a cidade do meu bisavô e onde casou eu já sei, pode me passar o contato do advogado que te ajudou?

Junior Cardoso disse...

ah meu email, se puderes encaminhar para esse seria melhor, jlc.junior@terra.com.br

Mariana Alberti disse...

Luana, muito bom o post.

Estou querendo ir no inicio do ano que vem, ou seja, 2014.

Minha documentação esta quase completa, faltando o documento mais importante, a certidão de nascimento do meu bisavô, a pessoas que nasceu na italia. Gostaria que você me ajudasse me passando o contato da pessoa que você usou na Italia para buscar documentos.

Obrigada,
Mariana

miliv@terra.com.br

Mariana Alberti disse...

Luana, boa tarde.

Estou pensando em ir para Italia no começo do ano que vem (2014)

Minha documentação esta quase completa, falta apenas um documento que é a certidão de nascimento do meu bisavô. Gostaria de uma ajuda sua com o contato do advogado que você usou na italia para buscar documentos.

Obrigada,
Mariana

miliv@terra.com.br

camile arndt disse...

Olá Luana.. tudo bem? Li tudinho.. e já estou bem adiantada até... vou final do ano pra Calabria.. paguei advogado e vou! Minhas dúvidas são: a comune está sob investigação da máfia, tem algum problema? eles fecham final de ano? tipo no Brasil que fecha dia 20/12 e volta só metade de janeiro? Obrigada e te add no skype!
Camile Arndt

Luigi Martineli disse...

Ola, td bem?
Me interessei em obter o contato do seu advogado.

tonymartineli1985@outlook.com

João Veríssimo disse...

Ola, parabens pelo Post.

Se possivel me envia o contato de seu advogado: joao.verissimo@ig.com.br

Obrigado.

Marcello disse...

Luana, caraca! Quanto história a ser contado e ensinada, meudeus!

Primeiro de tudo, muito parabéns! Pela cidadania e pelo post. E que post! Ajuda MUITO!

Eu comecei a ler o post e estava tudo ok, lindo, feliz, daí eu comecei a ficar depressivo, desesperado, louco, mas ainda assim, esperando conseguir!

Segue meu e-mail. Espero entrarmos em contato. Sua ajuda será demais!

marcello.passamai@gmail.com

Te mandei mensagem no Facebook também.

Beijão,
Marcello.

Ricardo Henrique de Rezende Arantes disse...

Olá, que luta hein. Respeito e admiração por você. Podes me passar o contato de seu advogado?

ricardo_hra@hotmail.com

Muito Obrigado.

Paulo Bacil disse...

Hei Luana,
Show de bola o q vc passou....e o melhor e q fica para sempre e ser de inspiracao para outros....
Vc teria facil dados,email do Avvocato??
Meu email:nusaduaimp@gmail.com
Grazie mille

Jorge Medeiros disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Jorge Medeiros disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Jorge Medeiros disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
lcasal disse...

Luana, Comecei o meu processo de cidadania italiana. Pedi para agendar minha entrevista e ja soube que leva no minimo 2 anos (se tiver sorte) para agendar minha entrevista. Como tenho pressa e vi seu blog. Poderia me passar o seu advogado na Italia que voce contratou? Voce lembra quanto voce pagou a ele, para fazer seu processo, aluguel de casa.... Obrigada meu email medeiro2006@hotmail.com telefone tim 021 83954811

Nicoly Grandolfo disse...

Oi Luana,
Seu post me ajudou bastante!
Assim como as outras pessoas acima, eu gostaria do contato do seu advogado na Italia.

Muito obrigada!

Nicoly Grandolfo disse...

Oi Luana,
Super bacana saber que seu processo deu certo! Obrigada por dividir as dicas.. já me ajudou bastante!

Assim como os demais acima, gostaria do contato do advogado que fez seu processo na Italia.

Obrigada!

Luluzinha disse...

Pessoal,

Mais uma vez: Sem você deixar um contato eu não tenho como ajudar :(

beijos
Luana

Flavia hedro disse...

Ola Luana, Gostaria muito de conversar com vc. Nao consegui localiza-la no Skype e nem no facebook. Vc pode me enviar um email?
Queria dicas sobre a documentacao no Brasil e tbm sobre seu advogado na italia. Meu e-mail : flahedro@hotmail.com
Obrigada
Flavia

Evy Turina disse...

Luana, esse post é antigo mas espero que você ainda continue ajudando a gente! rs

Bom, estou com quase todos os docs em mãos para tirar a cidadania italiana, vou fazer na italia, com advogado (ainda não tenho e adoraria ter o contato do seu).

Mas estou com uma grande dúvida! as certidões em inteiro teor chegaram :) você disse que tem que reconhecer firma do tabelião (que que é isso meudeus???) pensei que era só enviar pro ERESP e depois ir no consulado legalizar. . . :(

Evy Turina disse...

Luana! te achei pelo google e adorei sua atitude de ajudar quem está querendo tirar a cidadania.
Bom, estou com algumas dúvidas na parte de legalizar os docs. será que vc pode me enviar um email para conversarmos um pouco? ai, é tanta coisa, to perdidinhaaaa! rs
evy.vida@gmail.com

Carol disse...

Oi Luana,
Estou com algumas dúvidas sobre documentos e gostaria de conversar melhor com você. Meu e-mail é carolinedaltoe@gmail.com. Mande, por favor, seu endereço para mim que te passo minh dúvida.
Muito Obrigada.

Mariana Golfetti disse...

Oi Luana!
Gostaria de tirar algumas dúvidas. Se puder, me envie um email para conversarmos (mari.golfetti@gmail.com).
Obrigada pela disponibilidade em ajudar os que estão iniciando esse louco processo!!!
Beijos

Bellini disse...

Olá Luana, parabéns pela força e determinação.

Se você puder peço que me envie o contato do advogado. Meu e-mail é: polabellini@hotmail.com

Muito obrigada.

Paula

Fran disse...

Oi Luana, muito bom este post.
Tenho algumas dúvidas e quero saber se você pode entrar em contato comigo por email para conversar e tentar tirar minhas dúvidas. Xikesd@gmail.com
Muito obrigado.

Matheus Seixas disse...

Luana, parabéns pela coragem!

Estou neste mesmo barco! Ainda precisando descobrir a certidão do meu bisavô na Itália.

Me passa o contato do seu advogado, por favor?

matheusseixas1@hotmail.com

Obrigado

Natalia disse...

Oi Luana!
Quase fiquei vesga no meu micro mas eu li tudinho! rs
ando pesquisando bastante sobre isso, aliás toda a minha família descobriu que é possível dar entrada nesse processo agora, então... estamos desesperados! rsrs
Fico com muito medo de encontrar alguém "espertinho" pelo caminho, sabe. queria muito sua ajuda pois temos a intenção de fazer tudo pela Itália... sei o que disse sobre o advogado, mas seria uma boa ter o contato dele.. pelo menos porque alguém que já vivenciou os fatos pode dar referências, mesmo que algo não tenha saído conforme você planejou.
Quero muito muito muito fazer tudo isso como você e também não estou disposta a ficar batendo a cabeça por lá, por isso... me indica alguém, vai?
qualquer coisa te passo meus dados... eu existo, tenho família, filho...trabalho..já fui pra Europa e, me apaixonei..rsrs

desculpa aí qualquer coisa.. rs... segue meu email: natycristina.ramos@gmail.com

muito obrigada!

beijos e sucesso pra ti!

Natalia disse...

Oi Luana!
Quase fiquei vesga no meu micro mas eu li tudinho! rs
ando pesquisando bastante sobre isso, aliás toda a minha família descobriu que é possível dar entrada nesse processo agora, então... estamos desesperados! rsrs
Fico com muito medo de encontrar alguém "espertinho" pelo caminho, sabe. queria muito sua ajuda pois temos a intenção de fazer tudo pela Itália... sei o que disse sobre o advogado, mas seria uma boa ter o contato dele.. pelo menos porque alguém que já vivenciou os fatos pode dar referências, mesmo que algo não tenha saído conforme você planejou.
Quero muito muito muito fazer tudo isso como você e também não estou disposta a ficar batendo a cabeça por lá, por isso... me indica alguém, vai?
qualquer coisa te passo meus dados... eu existo, tenho família, filho...trabalho..já fui pra Europa e, me apaixonei..rsrs

desculpa aí qualquer coisa.. rs... segue meu email: natycristina.ramos@gmail.com

muito obrigada!

beijos e sucesso pra ti!

Letticia Pedrini Sfalsin disse...

Oi Luana!!

Quero tirar minha cidadania lá na Itália tb! Seu texto esta muito claro, e me tirou varias duvidas, mas gostaria de conversar melhor com vc sobre tudo isso!!

Se puder me ajudar eu agradeço!!
lelepedrini@hotmail.com
lele.pedrini@gmail.com

Polentona disse...

Seu texto é muito bom e seu blog melhor ainda! parabéns por este artigo sobre cidadania italiana, muito bem escrito!
Para quem desejar aqui tem um passo a passo de todo o processo

http://www.consuladoitalianocuritiba.net/cidadania-italiana-na-italia/

RAFAEL LACAVA disse...

Ola Luana em media quanto se gasta e em quanto tempo?! Obrigada teu texto ficou ótimo!!

Unknown disse...

Olá Luana!

Achei muito legal a iniciativa de compartilhar sua experiência nessa saga! :)

Meu caso é complicadinho, falta um monte de documento ainda, mas uma hora eu chego lá.

Se você tiver tempo (e paciência ainda! rs) entre em contato comigo porque eu queria tirar umas dúvidas com você, ver se você consegue me dar uma luz.

Meu email é pedroniluisa@yahoo.com

Um beijo!

Cartas para alguém bem perto disse...

Oi Luana, mto bom seu blog, sou mais uma das mil pessoas que te escrevem rsrs
Mas é o seguint, estou morando em dublin e moro com uma italiana de Palermo. Ela disse pq vc nao da entreda vc mesma?
Fiquei de pesquisar...entao, acredito que eu nao precise de traslado, e mto menos casa pra ficar, pois vou poder ficar na casa dos pais dela.
O processo em si é mto complicado mesmo?
nao falo italiano, mas se algum amigo de la for comigo e me orientar vc acha que mesmo assim precisarei de um adv pro processo andar mais rapido? ou seria só pela lingua mesmo!
meu email é bcassia2729@gmail.com
Se puder me ajudar te agradeco!
seu blog eh mto bom
bjs
bruna

Mari Serpeloni disse...

Olá!! Estou juntando os documentos agora e to vendo que o negócio é mais embaixo! ehehehhe Um primo distante ja tirou a cidadania mas ninguem sabe me dizer se posso entrar nessa linha do processo. Entrando facilitaria, pois nao tenho ainda a certidao de nascimento do meu bisavo italiano..mas sei q cidade que nasceu e o ano. Sabe dizer como posso conseguir esse documento?
Obrigada desde já!
Mari (mari.serpeloni@gmail.com)

May K. disse...

Olá, te add no skype... queria tirar umas duvidas sobre o processo. Bjaoo e obrigada seu texto foi mto valioso pra mim. :*
mayarakulka@hotmail.com

May K. disse...

Olá, seu texto foi mto valioso pra mim, deixo meu email e te add no skype... pretendo ir a itália e quero tirar umas duvidas. bjaoo linda.
mayarakulka@hotmail.com

Carol disse...

Olá Luana tudo bem? Adorei seu texto. Vc poderia passar o contato do seu advogado? Meu email é ccazarotto@yahoo.com.br
Obrigada. Bjo

Renan Donatti disse...

Olá Luana, muito legal o que você contou, gostaria de tirar algumas duvidas e informações. Será que podíamos trocar via e-mail? Meu e-mail é renandonatti@yahoo.com.br
Obrigado.

Camis disse...

Parabéns pelo post.... acredito que não mudou muito de qdo vc postou para o dia de hj....
enrolo, enrolo, mas acho q agora vou atrás...
camila_cabral@hotmail.com

Larissa disse...

Oi Luana, então eu quero muito tirar a cidadania e o que mais encontro é pessoas querendo cobrar somente informações, o que é bárbaro não acha?
Então, meu pai já tem cidadania italiana que a irmã dele fez para todos a muitos anos atrás, só que ele esqueceu de fazer a minha e agora eu que tenho que correr atrás, se poder me mandar um email para entrarmos em contato adoraria perguntar mais coisas a ti, beijos e obrigada pelo tempo

larissa@x4ids.com.br

J. disse...

Oie, amei seu texto, moro na Europa e agora quero ser uma cidadã com direitos e deveres. Parabéns por tudo. Beijos

Rogerio Mercaldi disse...

Oi Luana,

Estou, como muitos, em busca da "tão sonhada"cidadania Italiana.

Li seu post e achei bem útil. Parabéns!

Também pesquiso muito sobre o assunto e gostaria de apenas uma informação.

Porque decidiu por fazer seu processo naquela cidade e como chegou até ela?


Muito obrigado!!

rogeriomercaldi@hotmail.com

Claudia Cariati disse...

Luana,

Gostaria de saber se algum de seus antecedentes já tinham a cidadania, pois o meu pai não tem e aqui pelo consulado ele teria q ter a cidadania para eu poder tirar pois meus avós não eram casados. Sabe se isso será um empecílio lá na Italia?

segue meu e-mail cariati_c@hotmail.com

Obrigada

Claudia Cariati disse...

Luana,

Gostaria de saber se algum de seus antecedentes já tinham a cidadania, pois o meu pai não tem e aqui pelo consulado ele teria q ter a cidadania para eu poder tirar pois meus avós não eram casados. Sabe se isso será um empecílio lá na Italia?

segue meu e-mail cariati_c@hotmail.com

Obrigada

Fernanda Caleffi Barbetta disse...

Oi, Luana. Parabéns pela conquista!!! minha dúvida é, se eu conseguir a cidadania por meu bisavô, eu posso transmitir ao meu marido? fcaleffi@bol.com.br Obrigada

Tatiana Savioli Flores Castanheira disse...

Oi Luana
Parabéns pela sua conquista!
Adorei seu posto. Ajuda demais.
Preciso de ajuda para esclarecer duas dúvidas "basicas"...
Uma é a que você mais deve responder que é sobre o advogado que você contratou e se você sabe quanto ele cobra em média hoje.
E a segunda é se, obtendo a minha cidadania, posso repassá -la ao meu marido.
Obrigada

Filipe Goularte disse...

Boa noite,
Parabéns pelo post e conquista.
Podes passar o contato do advogado na Itália?
Filipe.souza@gmail.com

Thay Galterio disse...

Boa noite, Luana,
Tudo bem?!

Poderia me passar o contato do seu advogado na Itália? Quero tirar cidadania italiana.

e-mail: thaygalterio@gmail.com
Tenho outras dúvidas também.


abraços

Tulio Borgatto disse...

Legal, eu acabei fazendo tudo sozinho, fiz as mesmas coisas porem aqui em Roma. O ruim de tudo que aqui demora pra c'''' Fazem 5 meses que estou aqui, estou em possesso de permesso... Sempre acompanho historias, mais a sua bateu um pouco com a minha, em juntar dinheiro e se jogar; Porem nao penso em voltar ao Brasil sei que aqui esta dificil trabalho etc... Aqui voce aprende e nao precisa pagar pra aprender outras linguas e para estudar temos certas vantagens, os cursos, nem todos, sao tres anos... Estou aproveitando, mais o dinheiro tambem acaba! A unica coisa se nao sair esta cidadania ao menos em quatro meses, estou um pouco assustado de ter que trabalhar no NERO a unica coisa que me incomoda... E assim vai, muito legal a sua historia, conta mais se possivel, nao consigo achar a continuaçao hehe.. Valeu!!

Tatiana Burilli disse...

Olá Luana,
Gostaria muito de conversar contigo e saber mais informações.
Poderia entrar em contato comigo:
Tatiana
Tatiburll@hotmail.com

Obrigada,
Bjos

Unknown disse...

Luana, eu gostaria de saber como é a escola lá,pois vou levar meu filhos de 12 e 14 anos comigo pelo tempo necessario para conseguir o passaporte. obrigada. caso queira meu e-mail é
s.rosineide22@terra.com.br

biacasablanca disse...

Ola Luana,

Poxa não sabia que mesmo tirando a cidadania lá na Italia era tão complicado.
Estou ainda pesquisando sobre o assunto...
Obrigado pelas informações.
email: biapriore@uol.com.br

Lucio St disse...

Olá Luana,

Estou iniciando o processo e gostaria de ir para a Itália tirar minha cidadania. Você poderia, por gentileza, me passar o nome desse advogado ?

Muito obrigado.

Lucio

Segue meu e-mail: luciostocotec@gmail.com

Renato Lombardo disse...

Olá.
Você ainda tem o contato do advogado que te adiantou por lá?
Muito bom artigo, apesar de meio antigo. :)

Ariana Perceguino disse...

ola amiga boa noite viu minha prima fez resente mente com iso creio q fica mais facil ne obrigado se poder me dar alguma informacao

Ariana Perceguino disse...

ola amiga boa noite viu minha prima fez resente mente com iso creio q fica mais facil ne obrigado se poder me dar alguma informacao

Bozzi disse...

Oi Luana, estou no começo dessa saga, reunindo as certidões. Fui em um advogado hj que me cobrou o olho da cara, e pelas suas informações ele realmente é careiro. Gostaria de trocar informações com você e prometo fazer o mesmo quando conseguir ajudar os outros.
Meu email Carolbozzi@gmail.com

Unknown disse...

Olá! Adorei o seu post! Me ajudou muito!
Como foi ficar 2 meses lá sem falar italiano?
E vc precisou ratificar algum documento por conta de nomes escritos errado?
Obrigada!!!
jaquelinepaschotto@gmail.com

Unknown disse...

Ah e gostaria tbm do contato do advogado ;)
jaquelinepaschotto@gmail.com

Kreeger Orgreens disse...

Olá Preciso urgente de um contato de um advogado la na italia para tres amigos nesse processo que não estão conseguindo a residencia. Pode me ajudar?
orgreens@gmail.com

Vera Primo disse...

Olá, grato por sua ajuda, estou iniciando o processo e preciso da certidão de nascimento de meu bisavô, sei que ele nasceu em Como, não consigo encontrar, vc teria algum caminho?

Grato

Pedro Primo
pedrodprimo@gmail.com

Janete Manzolini disse...

Olá Luana,
Nossa!! Li tudo que você escreveu, e é exatamente o que estou passando, já tenho todas as certidões, agora preciso das entrada no ERESP e traduzir, e claro encontrar uma empresa idônea para contratar os serviços na Itália...
Muito Obrigado pelas dicas...
Abçs

Janete Manzolini disse...

Olá Luana,
Nossa!! Li tudo que você escreveu, e é exatamente o que estou passando, já tenho todas as certidões, agora preciso das entrada no ERESP e traduzir, e claro encontrar uma empresa idônea para contratar os serviços na Itália...
Muito Obrigado pelas dicas...
Abçs

Bruna Geromel disse...

Olá Luana.
Seria impossivel conseguir a cidadania SEM certidao de casamento? Acredito que meu bisavô só "juntou" com minha bisavó ;(

Felipe Tarquinio disse...

Oi tudo bem? ótimo texto,quero tentar minha cidadania italiana la na Itália tbm mas meu caso é um pouco diferente ,meu tio ja tirou e ja possui todos os documentos. Além disso vou ser bolsista do ciência sem fronteiras na Itália ficarei la por 1 ano e sou mediano no italiano, nao terei dinheiro para pagar advogado ,você acha que é muito dificil conseguir sem um advogado mesmo ficando mais tempo?
Obrigado
felipetarquinio@gmail.com

Carol disse...

Ola! Obrigada pelo seu post! Vc poderia me responder, por email mesmo, se hj em dia ainda é necessário as certidões serem de inteiro teor? Eu li em algumas assessorias de cidadania que na Itália eles não exigem que seja. Como faço para saber isso?

Marco Bianco disse...

Olá, espero que esteja mantendo ainda este blog.
Dois primos meus conseguiram abrir um processo para tirar a dupla cidadania, mas não sei como entrar em contato com este processo, perdi contato com estes primor, sei que meu avô nasceu na província de Lucca (Toscana), mas o processo foi aberto na província de Belluno, estou no Brasil - São Paulo e não sei por onde começar, só tenho a certidão de casamento de meu avô que se casou no Brasil, mas como ainda existe um processo aberto em Belluno, preciso entrar em contato com esta cidade para descobrir onde foi aberto este processo, você tem ideia de como eu posso fazer isto ?, caso não tenha, você poderia passar os dados do advogado que te ajudou a tirar os documentos ?, pois infelizmente, existem muitos advogado que entrei em contato e só querem o dinheiro primeiro antes de analisar o caso. Agradeço de puder dar uma dica. meu -mail é biancosp@gmail.com

Teresinha Fabiane disse...

Parabéns. Estou no processo.
Pura verdade até onde estamos.
Teeeentando agendamento no consulado.
Segue meu email
terefabiane@gmail.com

Lea Jc disse...

Oi Luana, parece que faz tempo a maioria das postagens, não sei se ainda mantém esse blog, mas gostaria de dizer que Li tudo e gostei muito do que relatou.
Qual foi a cidadezinha que você deu entrada na sua cidadania, vc pode me dizer? porque estamos estudando alguns cidades que as prefeituras são mais rápidas e não é muito exigente, se e também mais informações que puder me dar, te agradeço desde Já.

Unknown disse...

ola luanna gostei muito do seu post, foi de grande ajuda.
gostaria de ter mais info sobre tirar a cidadania la na italia .
meu email é zambazy@hotmail.com, eu tenho um familiar que conseguiu pegar a cidadania , atravez do meu bisavo , talvez isso me daria um avanco de 10 casa (KKKKK).
OBRIGADO LUANNA .

AGUARDO SUA RESPOSTA ..

Marco Bianco disse...

Oi Luanna, ví que terei que passar por tudo que você passou e é por isto que preciso de sua ajuda, a certidão de meu avô esta pra chegar de Lecce, pois preciso traduzi-la para o português para poder retificar a certidão de casamento de meu pai, pois os dados de meu avô (como cidade e data de nascimento) estão errado na certidão de meu pai, mas gostaria muito que você me indicasse um advogado que você conheça e que te ajudou em tudo, pois vou ter que passar tudo que você passou.
Você pode me ajudar ?,
Obrigado

Paulo Cesar disse...

Luana,

Nao sei se voce ainda esta ativa com o seu blog, uma vez que, a tua explanacao sobre a obtencao da cidadania italiana atraves de tua experiencia e extremamente valiosa, entretanto foi postada em 2009/2010.

Caso ainda estejas atuando com teu blog, e tenhas tempo e disposicao para corresponder-se, o meu email e: treviso1881@gmail.com, onde poderei detalhar a minha situacao.

Agradeco antecipadamente tua atencao,

Paulo Cazitta

Ana Maria Faria Braga disse...

Luana vc é uma pessoa incrível !!!

Suas experiências aqui explicitadas com certeza ajudam a muitas pessoas.
Eu gostaria de ajudar a alguém que tenha algum problema para achar certidões de nascimento de pais ou avós como eu tive, pq antigamente quando as pessoas casavam as certidões de nascimento eram trocadas pelas de casamento, desaparecendo assim a de nascimento. Foi assim que me vi perdida, pois, para ter a cidadania é necessário a de nascimento. Após pedir busca em quase todos os cartórios do Rio de Janeiro e não achar a certidão da minha mãe, tive a idéia de de ir a Catedral Metropolitana atrás da certidão de batismo da mamãe. Mas uma vez não consegui, mas o Sr. que me atendeu me orientou no sentido de eu própria fazer a busca através da ajuda dos MORMONS, que levantaram todas as certidões em uma espécie de resumo, onde consta o livro, página e dia em que foi feito o registro. Com essa orientação eu busquei desde o primeiro cartório, folha por folha e achei, procurando em casa pela internet. Bem fica aqui a minha dica para resolver mais um problema para quem como eu não podia fazer nada antes de conseguir a certidão de nascimento da minha mãe. Ah e dependendo do ano de nascimento pode ser procurada no Arquivo Nacional.

Luana mais uma vez obrigada pelas orientções. Que Deus te abençoe. Bjkas.

Ana Maria

ANGELA VANESSA disse...

Oi Luana tudo bem?
Muito obrigada pelo post, o fato de vc citar a comune ja me ajudou muito.
Eu estou montando o processo aqui no Brasil, e ja gastei uma grana.
Meu namorado mora no sul da Itália na Sicília, mas na cidade que ele mora não aceitou os documentos pediram para retificar o Sobrenome.
Esse ano assim que os papeis forem legalizados pretendo ir morar com meu namorado e tirar a cidadania la.
Obrigada pela boa vontade de querer ajudar.
Email: angela.vanessa08@gmail.com

Bjos

ANGELA VANESSA disse...

Oi Luana tudo bem?
Muito obrigada pelo post, o fato de vc citar a comune ja me ajudou muito.
Eu estou montando o processo aqui no Brasil, e ja gastei uma grana.
Meu namorado mora no sul da Itália na Sicília, mas na cidade que ele mora não aceitou os documentos pediram para retificar o Sobrenome.
Esse ano assim que os papeis forem legalizados pretendo ir morar com meu namorado e tirar a cidadania la.
Obrigada pela boa vontade de querer ajudar.
Email: angela.vanessa08@gmail.com

Bjos

JOSE LUCCA disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Paulo Scalfoni disse...

Parabéns, Luana!
Espero fazer o mesmo ao final do meu processo, ajudar o máximo de pessoas que puder.

meu e-mail é: pauloscalfoni@icloud.com

Caso possa fazer contato, gostaria de tirar algumas dúvidas que sua experiência poderá ajudar. :)

Abs,

Amanda Ferrari disse...

Li tudoooo, e quero muito minha cidadania.

Preciso de sua ajuda, gostaria muito que vc me passasse tudo do advogado que te ajudou com o processo, tenho as certidões que estão no brasil e a do meu bisavó estou esperando vir da Itália.

Obrigada, seu post ajuda muito,

amandaferrari2008@gmail.com

Kezia araujo disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Kezia araujo disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Kezia araujo disse...

Oii tenho uma duvida...minha prima de 2 grau tem tds os documentos c ela, mas n deu entrada na cidadania ainda.....no caso seria melhor p mim eu tenho que arranjar td de novo ou teria como ela tirar copia autenticada n sei ou vale a pena eu esperar ela tirar a cidadania dela primeiro? ela vai dar entrada pela Italia! Obrigada!

Anima Libera disse...

Oi Luana!

Belíssimo post, parabéns! Estou tendo muita dificuldade de achar relatos de experiências pessoais nessa jornada em busca da cidadania em território italiano.

Estou indo em 2 semanas embarcar nessa jornada! Gostaria muito de trocar uma ideia contigo, tenho algumas duvidas sobre o processo de lá que talvez tu possa me ajudar.

Meu email é fernandakayser@gmail.com

Se puder me contatar, agradeço muito! Espero fazer o mesmo depois que eu tirar a cidadania, poder ajudar as pessoas a fazer o mesmo.

Muito obrigada, e, de novo, parabéns por compartilhar tua experiência de maneira tão didática e detalhada.

Márcia Debrassi disse...

Bom dia querida,

Iniciei minha corrida rumo à cidadania Italiana. Meu primo já fez, também foi à Itália! Peguei as cópias de todos os documentos para ter um norte.
Minha preocupação é quanto a solicitação do nascimento do meu antenato na Itália, mandei um email pra comune di covo e até agora (uns quarenta dias mais ou menos) não obtive resposta alguma.
meu email é madebrassi@hotmail.com
fico no aguardo do seu contato, pois estou ansiosa, não sei se me enviarão ou não essa certidão.
att
Márcia Debrassi

Contato Diego disse...

Olá Luana;
Parabéns pelo blog, que bom é compartilhar conhecimento.
Gostaria de sua opinião sobre algumas comunes onde se tem
experiência em prática da cidadania, que você conheça ou
que talvez saiba do êxito de outros; por que de péssimas comunes
tem aos montes.

att;
Diego
contatodiego82@gmail.com

disse...

caramba, aqui que eu quero mesmo fazer o processo
li e reli tudo para ver se entendi tudo o que vc quis dizer...
quero falar com você,
Ge

Rodrigo Conde Atanazio disse...

Olá, Luana,
Boa tarde!

Li tudo o que escreveste e me vieram algumas dúvidas.

Tive que retificar meu nome para o sobrenome correto em uma ação que demorou 3 anos para sair, mas saiu!

Já reuni as certidões retificadas em inteiro teor, porém, as italianas do meu bisavô são Xerox, não sei como conseguir atualizadas dela. Será que o consulado consegue providenciar para mim?

Estou em SP e devo passar no consulado amanhã para saber um pouco mais do que vou precisar.

Infelizmente não tenho grana suficiente para disponibilizar os honorários do advogado.

Os documentos que tenho em mãos:

- Nascimento e casamento dos meus bisavós (Em Italiano, XEROX)

- Óbito do meu bisavô - Brasileira inteiro teor e traduzida para o Italiano.

- Nascimento, casamento e óbito meu avô - Brasileira inteiro teor e traduzidas para o Italiano.

- Nascimento e casamento do meu pai - Brasileira inteiro teor e traduzidas para o Italiano.

- Nascimento minha - Brasileira e traduzida.

- Meu filho - Brasileira e traduzida.

- Certidão negativa de naturalização do meu bisavô - Traduzida para o italiano.

Estou esquecendo algo?

Vou dar entrada direto na Itália, espero que dê tudo certo!

Obrigado pela sua ajuda,

Rodrigo Attanasio - rodrigoatanazio@gmail.com

Andreia Marques disse...

Oi tudo bem?
Parabéns pelo o seu post! Adorei!
Gostaria muito de ter o contato do seu Advogado da Italia.
Pode me enviar por e-mail? Obrigada!
and.marques.br@gmail.com

Abraço!

Ana Cristina disse...

Boa tarde! Parabéns pelo post, ficou bem legal! Esclarece bem as nossas dúvidas! Poderia me passar o contato do seu advogado?
acmbzanatta@hotmail.com
Obrigada
Ana Cristina.

Hugo Marangoni disse...

Luana! Tudo bem?
Muito obrigado pela dedicação em ajudar as pessoas. Haja fôlego para depois de todos esse desgaste, vc ainda ter disposição em escrever rs.

Por gentileza, queria uma opnião.

Tenho o documentos da minha família, nascimento, casamento e óbito do meu bisavô (italiano).
Da minha avó (filha dele e nascida no Brasil em 1945), e da minha mãe (nascida aqui no Brasil). Bom, me informei e sei que tenho o direito de adquirir a cidadania. Tenho duas amigas que vivem na Itália há mais de 10 anos, e que falam melhor o italiano do que o próprio português. Elas, inclusive, se prontificaram a me ajudar com esse processo lá. Gostaria de saber, se vc saberia me dizer quanto eu gastaria mais ou menos lá com o processo, já que terei onde ficar e pessoas que dominam muito bem o idioma para me ajudar lá? Disponho de pouco dinheiro, e pensei em ficar uns dois meses lá.
É caro tirar a cidadania lá por conta sem o intermédio de um advogado?
Abraços,
Hugo.

Coisas de Sonia disse...

Olá Luana, muito bom seu post. Ajudou bastante. Eu estou muito decidida á ir p Itália tirar a minha cidadania. Mas ainda estou atrás dos documentos, minha família não sei pq não quer cooperar muito. Tenho uma prima q tirou mas ela não me dá nenhuma dica.
Enfim, a minha dúvida é a seguinte eu quero tirar p mim e para minhas filhas, todas maiores de idade, elas tb precisam ir? eu só não consigo tirar p todas?
agradeço
um grande beijo p vc
Sonia
email : smariah_morelli@hotmail.com

Jose Tadeu Pereira disse...

Luana, bom dia.
Encontrei seu post somente hoje. Sou filho de Italiana e segundo informações tenho direito à cidadania. Tenho, inclusive, uma declaração da Comune de Castelfranco di Sotto com os dados do nascimento dela na Fraziode di Orentano.
Tenho, também, o passaporte dela, que na época (1925), era junto com o da minha avó, todas na mesma foto (minha avó, minha tia e minha mãe).
Minhas dúvidas são: Com esses documentos já em mãos, basta a certidão de casamento (meu pai era brasileiro) e a Negativa de Naturalização e a tradução juramentada? Depois disso é só legalizar os documentos no Consulado Italiano?
Entendo que o advogado na Itália será necessário, mas você acredita que estou no caminho?
E você pode informar qual advogado trabalhou para você lá (me parece de confiança)?
Aguardo sua resposta. Meu e-mail: jtpereira@zipmail.com.br
Forte abraço e obrigado desde já.

Unknown disse...

Olá Luana,
Muito interessante o seu texto. Já encontrei varias dicas sobre esse assunto pela internet mas o seu texto me pareceu mais realista.
Poderia me enviar um e-mail? rafa.go09@hotmail.com
Gostaria de saber o que já posso ir adiantando aqui no Brasil antes de iniciar o processo direto na Itália. É necessário eu levar meus documentos no consulado aqui no Brasil?

viviguerreiro disse...

viviane_guerreiro@hotmail.com , Li tudo e confesso, da mesma forma que eu estava animada, já estou bem desanimada, tenho o óbito original do meu bisavô, e nele consta o nome da cidade daonde ele nasceu, tenho a de nascimento e óbito do meu avô e nascimento da minha mãe, só isso... Agora preciso do nascimento do meu avô, mas pelo visto ainda falta muita coisa, achei que era o suficiente, mas pelo visto não. Perdi as esperanças.

viviguerreiro disse...

viviane_guerreiro@hotmail.com , Li tudo e confesso, da mesma forma que eu estava animada, já estou bem desanimada, tenho o óbito original do meu bisavô, e nele consta o nome da cidade daonde ele nasceu, tenho a de nascimento e óbito do meu avô e nascimento da minha mãe, só isso... Agora preciso do nascimento do meu avô, mas pelo visto ainda falta muita coisa, achei que era o suficiente, mas pelo visto não. Perdi as esperanças.

Marcia Calzolari disse...

Oi Luana, vi seu post , e rezolvir tentar cidadania pr linhas filhas. Minha sogra que está viva e ten 82 anos e neta do Comendador Francisco Baroni, só que por questões de fanilia, quando ela se casou o meu sogro tirou o sobrenome Baroni dela e deixou só o Calzolari que tbm e italiano.Consequentemente meu marido não tem o Baroni , nem minhas filhas.
Mais comoinha sogra está viva e tem fotos de família pensei em começar pelo lado italiano da família dela, e como o seu avô foi cônsul italiano , acho ser mas fácil de localizar documentação.
Espero está certa, o que VC acha?

Marcia Calzolari disse...

Oi Luana, vi seu post , e rezolvir tentar cidadania pr linhas filhas. Minha sogra que está viva e ten 82 anos e neta do Comendador Francisco Baroni, só que por questões de fanilia, quando ela se casou o meu sogro tirou o sobrenome Baroni dela e deixou só o Calzolari que tbm e italiano.Consequentemente meu marido não tem o Baroni , nem minhas filhas.
Mais comoinha sogra está viva e tem fotos de família pensei em começar pelo lado italiano da família dela, e como o seu avô foi cônsul italiano , acho ser mas fácil de localizar documentação.
Espero está certa, o que VC acha?

Marcia Calzolari disse...

Oi Luana, vi seu post , e rezolvir tentar cidadania pr linhas filhas. Minha sogra que está viva e ten 82 anos e neta do Comendador Francisco Baroni, só que por questões de fanilia, quando ela se casou o meu sogro tirou o sobrenome Baroni dela e deixou só o Calzolari que tbm e italiano.Consequentemente meu marido não tem o Baroni , nem minhas filhas.
Mais comoinha sogra está viva e tem fotos de família pensei em começar pelo lado italiano da família dela, e como o seu avô foi cônsul italiano , acho ser mas fácil de localizar documentação.
Espero está certa, o que VC acha?

Sinceras Idéias disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Sinceras Idéias disse...

alessandrotorelli@hotmail.com - Por favor, aguardo o seu contato. Obrigado!

Juliana Brollo disse...

Olá Diogo, pode me tirar uma dúvida, por favor? Meus bisavós (país da minha avó paterna) era Italianos, minha avó nasceu no Brasil em 1.912 e meu pai também Brasileiro nasceu em 1.957. Eu tenho direito à cidadania por parte dessa avó? Obrigada!!

Juliana Brollo disse...

Olá Diogo, pode me tirar uma dúvida, por favor? Meus bisavós (país da minha avó paterna) era Italianos, minha avó nasceu no Brasil em 1.912 e meu pai também Brasileiro nasceu em 1.957. Eu tenho direito à cidadania por parte dessa avó? Obrigada!!

Murilo Giannetti disse...

Ola , tudo bem ? Primeiramente parabéns pelo texto e pela iniciativa sem fins lucrativos de ajudar ao próximo no mesmo processo que o seu ,caso tenha tempo e quando possível de me auxiliar serei grato .

Meu Nome é Murilo meu e-mail mgminis@homail.com

O Meu Tri-avo ( Acho que é assim que se escreve ) Enfim Eu - Meu Pai - Meu Avo - Meu Bisavó e enfim ele ( o Italiano ) , todos Homens.
Primeira pergunta : Para eu dar entrada para o meu processo todos nasceram antes e ainda vivos precisam entrar junto comigo ou apenas a documentação de cada já serve ?

Ja tenho a certidão de quando meu Tri-Avo chegou no brasil , que navio ele chegou e o porto.
Sei também que ele é de Bientina cidadezinha próxima a Pisa ( inclusive meu Avo , ainda vivo , esteve la a pouco tempo a passeio ) .
Com estas informações que lhe passei o que você me aconselharia por onde começar ? Terei um tempo disponível em Janeiro de 2016 ate Marco para ficar na Itália , você acha que se eu começar a correr agora seria possível ?

Att,
Obrigado
No Aguardo
Murilo Giannetti

Fabíola Potrich disse...

Oi, tudo bem?

Agradeço pelo texto e queria saber um pouco mais sobre como foi o processo pra você...
Estou ainda na fase da pesquisa de documentos, há uns dois anos, pois já tentei por dois sobrenomes e agora estou no terceiro... Confesso que não é fácil, mas desistir não está nos meus planos... hehehe...

Minhas dúvidas são principalmente quanto aos custos e o aluguel do local para moradia.
Você pode me dizer mais ou menos quanto você gastou com o processo e com estadia/alimentação, só para eu ter uma base de quanto mais ou menos preciso guardar?
Você disse que o advogado alugou o local para você, você contratou ele ainda no Brasil ou somente quando chegou na Itália? Você morava com outras pessoas que estavam na mesma situação ou numa casa de família?

Obrigada desde já,
Fabíola. (e-mail: fabi_potrich@hotmail.com)

Wesley Seret disse...

Galera , estou novamente chateado... HOJE EU CONSEGUI A VAGAAA NO CONSULADO ITALIANO DE CURITIBA !!!!
Mas infelizmente tiraram de mimm...
As 21:00 Abriu a vaga do dia 25... cliquei no dia e em seguida no campo CONFIRME...
me abriu uma janela que nunca havia aberto, um campo com um código de verificação e
confirmação de agendamento, rapidamente coloquei este código e cliquei em confirma ...
pra minha surpresa , apareceu a mensagem de erro novamente dizendo que havia tido
excesso de pessoas agendado... POXA ISSO FOI UMA FALTA DE RESPEITO GRANDIOSA...
A 3 MESES TENTANDO E QUANDO CONSIGO ELES TIRAM DE MIM...

Ana Maria Faria Braga disse...

Wesley

Realmente é desestimulante,por essas e outras minha prima desistiu da processo dela no Rio Grande do Sul, há cinco anos ela deu entrada e até hoje andaram aproximadamente 60(sessenta) processos. Bom estamos indo para a Itália no começo do próximo ano. Estamos tirando novamente as certidões. Se vc já está com todos os documentos aconselho validá-los no consulado e como nós ir para a Itália dar entrada lá, se vc puder ir. Caso desista do Brasil leve todos os documentos para o Ministério de Relações Exteriores, traduza-os e registre-os no consulado ,pois só assim as certidões não caducarão. Então comece a pensar em uma estratégia para passar um tempo na Itália. Boa Sorte e não desista. Ciao.

Espaco Vix disse...

Bom dia Luana.
Hoje que fui buscar informações sobre cidadania e encontrei seu blog.
Dei entrada aqui no Brasil, porem marcado para em maio de 2017. Nao quero esperar.
Já tenho um tio(irmão de minha mãe) que é cidadao italiano a muito tempo, (fez pela Itália) inclusive todos os primos tambem. Meu bisavo materno que veio da Italia.
A partir deste tio, como faço para dar entrada pela Itália também? O processo é mais fácil?
Agradeço de vc ou alguém me informar!!!

itagaigher@hotmail.com

Marta Viana disse...

Oi Boa tarde!

Estou na fase de juntar a documentação. Todas já foram solicitadas no forum do ES e em dezembro irei retira-las. Quero ir para a Italia dar entrada porém tenho uma dúvida que não consegui encontrar resposta em nenhum lugar. Tenho um filho adotado, hoje ele tem 8 anos, e não consigo saber quais as documentações dele eu preciso levar pra Italia, sei que aqui no Brasil eles pedem copia de todo o processo de adoção, dentre outras coisas. Será que é o mesmo procedimento na Italia? Você sabe me informar ou me falar onde posso conseguir essa informação? Obrigada! Aguardo seu contato.
marta.viana@gmail.com
Marta

vanessa scramagnan disse...

Ola luana si possível me passa o contato do advogado meus avós por parte de pai tanto o homem como a mulher são descendente de italiano tenho direito meu contato (Vanessascramagnan25@gmail. Com) se puder entra em contato obriga

Maxilaine Mota Santana disse...

Luana... Quem diria, vc escreveu um post em 2010 e hoje 5 anos depois estou eu aqui me maravilhando com tantas informações.
Já são mais de 1 hr da madrugada e eu estou lendo sobre cidadania italiana, assim tem sido minhas noites a quase um mês desde que meu marido resolveu investi nessa de cidadania italiana. Temos um tio que já conseguiu a sua cidadania italiana a quase 10 anos por tanto a parte de documentos não será um problema para nós, mais em relação ao resto... são muitas as dúvidas e incertezas, um pouco de medo também, já que nosso objetivo é morar em Londres, são muitas mudanças em pouco tempo, muitas decisões a serem tomadas, e neste momento tudo que buscamos são informações como essas que nos preparar para o que realmente vamos encontrar.
Parabéns pela coragem e pelo incentivo! !!(max.motasantana@gmail.com)

Moises Gonçalves disse...

Tenho uma pasta aberta em bolati onde meus irmãos fizeram a cidadania em 2008 e quero ir fazer lá sera q demora se puder me ajudar.

Augusto Cesar disse...

NOSSA, SÃO MUITAS INFORMAÇÕES... EU TENHO UM PRIMO QUE CONSEGUIU A CIDADANIA, VOCÊ SABE ME DIZER ATÉ QUE PONTO ISSO PODE ME AJUDAR? AGREDEÇO O SEU TEXTO, E O SEU CONTATO. OBRIGADO. CONTATO: MAGOVAMPIRO@HOTMAIL.COM

AUGUSTO STRABELLI.

Paola Carotenuto disse...

Oi Luana, deixa eu ver se entendi, rs.
1. Juntar absolutamente todos os documentos em inteiro teor de todos da família desde o ascendente italiano até mim (nascimento, casamento, óbito etc.)
2. Reconhecer firma dos tabeliões que assinaram todas as certidões
3. Fazer tradução juramentada de tudo
4. Levar ao Ministério das Relações Exteriores para validar todos os documentos
5. Levar ao Consulado da sua jurisdição para legalizar todos os documentos
6. Alugar um apto na Itália
7. Em até 8 dias após sua entrada na Itália, fazer a declaração de presença
8. Fazer o código fiscale (CPF de lá)
9. Ir ao Comune (prefeitura) fazer a Inscrição Anagráfica (dar entrada nos seus documentos provando que mora lá)
10. Após 8 ou 15 dias, o Vigile (guarda) passa lá para checar se você de fato mora naquele endereço
11. Dar entrada no pedido de cidadania: o Comune pede ao consulado brasileiro que ele confirme a Mancata Renuncia (o consulado italiano no Brasil confirma que nenhum dos seus ascendentes renunciou à cidadania italiana), e é justamente essa a parte que demora
12. Esperar de 2 a 5 meses para o processo sair (provavelmente vc precise voltar ao Comune para assinar e receber a cidadania)

Dúvidas :)
Quem dá a entrada no pedido de cidadania (passo 11)? O advogado com quem deixei a procuração na Itália? Preciso esperar o Vigile checar se realmente moro lá pra dar a entrada no processo? Sabe me dizer onde se dá a entrada no processo, no Comune?

Obrigada!!! Maravilhoso seu post!
Paola (paolacarotenuto@gmail.com)

prikapk disse...

Nossa que legal achar este post, meus nonnos e meu tio são italianos, meu tio pediu aqui no Brasil a dupla cidadania dos filhos deles, agora eu estou interessada em pedir a minha, creio que por ja haver um processo aberto aqui no consulado da Italia em SP, talvez eu consiga mais rapido, mas sera que se eu for pra Italia la sairia mais rapido e mais em conta?
Sera que esse processo aberto no Brasil tem validade por la?

Sabe achei uma coincidência ver que voce foi pra Reggio calabria tirar sua dupla cidadania, a minha Nonna era de la mais especificamente de Amantea.

se alguem puder me dar uma resposta quanto algumas duvidas agradeço.

abraçosssss

Aura disse...

Oi Luana, tudo bem? Fico feliz de ter encontrado esse seu texto e pela sua disposição em ajudar. Hoje em dia é difícil encontrar pessoas assim. Vc pediu para que deixássemos nosso email pra que vc entrasse em contato. Vou para a Itália em alguns dias e queria bater um papo com vc, se possível. Meu email é aurasagapito@gmail.com.
Desde já, mto obrigada pela ajuda! ��

Luma Monteiro disse...

Óla Luana! tudo bem? estou começando meu processo todo do zero. Tenho duas mulheres na linhagem:

Trisavô (homem-italiano) > Bisavó (mulher brasileira) > Avó (mulher brasileira nascida em 1948) > pai (homem brasileiro) > Eu.

Voce acha que consigo? Estou pensando de contratar um advogado lá tb.

abraços Luma Monteiro (e-mail monteiroluma@gmail.com)

Suely Siqueira disse...

Olá, o meu caso é igual o da moça acima rsrs Tenho meu trisavô que é italiano, mas a minha trisavó também, e minha bisavó (filha deles) é brasileira e os de baixo também. Eu creio que tem como conseguirmos... Precisava de um contato de advogado na Itália, tem como me indicar? Primeiro irei em busca de todos os documentos pra depois contatar o advogado... Agradeço a atenção!! Thank you Meu e-mail: s.karine.siqueira@hotmail.com Skype: Karine.siqueira. Ou tel +1(239)464-5206 (usa)

Fernando Pereira disse...

Boa Tarde!
Adorei seu post e gostaria de contatos de advogados na Itália.
Muitíssimo obrigado.
Fernando
fernando.p2004@gmail.com

Daniel de Brito Mendonça disse...

Olá Luana, tudo bem? Meus parabéns pelo blog, pela iniciativa em ajudar e pela persistência.
Estamos (eu e minha namorada) em processo de juntar os documentos para entregar na mão do advogado no Brasil. Depois iremos a Itália dar entrada na cidadania. Nosso plano é morar fora e ter direitos para tal como cidadão europeu.
Meu contato
Daniel de Brito Mendonça
danielbritom@gmail.com

Alynne Bisi
alynnebisi@uol.com.br

Aguardo seu contato, temos muito para aprender contigo!

Lilian Ganzerla Cardoso disse...

Obrigada por relatar sua experiencia, ela já me ajudou muito e estou só engatinhando.

Tenho todos documentos brasileiros em mãos. Agora só preciso da dos documentos de nascimento de meu bisavó que nasceu na Italia. Estarei na Europa este ano e pretendo fazer isto direto na Italia. Você tem indicações de advogado ou assistência na Italia? Eu também não falo italiano.

Meu email: lilianganzerlacardoso@gmail.com

Grata

Carola Santini disse...

Olá Luana, tudo bem?
seu blog é muito esclarecedor.
meu email é santinicarola@gmail.com e estou precisando de ajuda somente para verificar se os documentos que eu tenho são suficientes. teria como vc entrar em contato comigo, por favor?
Obrigada

Unknown disse...

Olá Luana, parabéns pelo seu post, estou no início do processo e estou reservando muito dinheiro, kkkk pra mim é muito. Quero enviar minha esposa até a Itália pra ela tirar a cidadania, no caso eu casado tenho que ir junto dela?? Ou ela pode fazer o processo pra todos nos , marido e filhos??

Email aflprojetos@hotmail.com


Abraços André e Carol Giacon

Aflproject Loureiro disse...

Olá Luana, parabéns pelo seu post, estou no início do processo e estou reservando muito dinheiro, kkkk pra mim é muito. Quero enviar minha esposa até a Itália pra ela tirar a cidadania, no caso eu casado tenho que ir junto dela?? Ou ela pode fazer o processo pra todos nos , marido e filhos??

Email aflprojetos@hotmail.com


Abraços André e Carol Giacon

Davi Versulotti disse...

BOM DIA,

QUERO ADQUIRIR MINHA CIDADANIA ITALIANA NA ITÁLIA...

PODEMOS CONVERSAR PARA TIRAR ALGUMAS DÚVIDAS ?

SEGUE MEU E-MAIL: DAVIVERSULOTTI@HOTMAIL.COM

PODERIA ME ENVIAR SEU CONTATO DE E-MAIL ?

GRATO,

DAVI VERSULOTTI

Júlia Sartini disse...

Olá, Luana

Será que você poderia me enviar o contato do seu advogado na Itália?

juliasartini@hotmail.com

Muito obrigada!

Lais Roccon disse...

Olá Luana! Eu pretendo tirar na Itália Tb minha cidadania. No meu caso o meu tataravô que é Itáliano, tenho todas as certidões dos demais, nascimento, casamento e óbito. Porém a certidão do meu tataravô está em Italaiana, precisarei traduzir as dos demais para levar? Como é esse processo? Tenho um tio que já está dando entrada lá na cidadania, ele abrindo o processo eu posso seguir ele? Tipo usar a mesma pasta? Fica mais fácil quando algum familiar já conseguiu? Por favor me envie um e-mail llais@live.com

Kathlyn Setragni disse...

Bom dia Luana, tudo bem?

Quero ir para a Itália fazer o meu processo de cidadania.

Se eu for pra lá para fazer um curso de italiano será mais fácil ou não muda nada?

No aguardo,

Kathlyn Setragni

kathlyn.seth@hotmail.com

correio arte disse...

Boa tarde Luana!
Parabéns pelo seu post e também pela sua tão sua é merecida cidadania!
Obrigada por compartilha toda sua saga em busca da tão almejada cidadania, Também estou tentando a minha. Tenho algumas dúvidas, tais como: fazendo a cidadania na Itália, preciso residir no mesmo local onde meu bisavô nasceu? Tenho que dar entrada na documentação também no mesmo local?
Aguardo seu retorno, luciene.coli@terra.com.br
Obrigada!
Luciene.

Unknown disse...

Olá! Gostaria de maiores informações sobre o advogado que fez sua assessoria. Se possível, por favor encaminhar para Fernanda@creativeartdrywall.com.br.
Parabéns pela conquista e obrigada.

Lilian Koch disse...

Boa noite Luana, você ainda tem o contato do seu advogado??? Estou com a documentação toda pronta e a minha advogada na Itália quer um valor muito alto, talvez por ser em Como, mais ao norte da Itália.... Se você ainda tiver o contato para me passar agradeceria �� muito obrigada, Lilian kochlilian@gmail.com

Elenco Curinga disse...

Oi, Você pode me passar o contato do seu advogado. Eu ia te agradecer muito, estou pensando em fazer sozinha, mas quem sabe, saria ótimo ter uma indicação.
Muito bom ler o seu relato, estou com os documentos praticamente prontos
e estou juntando din din para a viagem rs.
matildewrublevski@hotmail.com

Ronimar Pin Hombri disse...

Oi! Minha família já possui cidadania italiana aqui no brasil, mais eu e alguns outros não. Estou indo para a Europa e sei que na Itália o processo é de longe (e bem de longe) mais rápido que aqui no Brasil. Será que se eu tiver a documentação à partir do meu avô que já possui a cidadania Italiana já resolve eu preciso também da documentação do meu Bisavô?

Unknown disse...

Boa Tarde Luana, minha fampilia toda já esta´com a cidadania Italiana, só falta o pessoal lá de casa, queria tirar umas dúvidas com vc, se possível claro, meu email é larissa.brasileiro@gmail.com

Beijos

Unknown disse...

Olá Luana, ótimo post. Quero tirar minha cidadania, ja tenhos todos os documentos, mas tem algo que estou confuso ainda, me informaram que eu preciso da liberaçao do Brasil da minha documentação para apresentar na Italia, então tenho que ir no consulado de Sao Paulo primeiro. Realmente é assim mesmo? Ou dou entrada direto na Italia? Minha sogra tem residencia fixa e mora.la, posso ficar na casa dela como minha residência? Muito obrigado. Leandro (renibaroni@bol.com.br)

LUCIAMAR ANGHEBEN disse...

Oi...estou na itália em busca do reconhecimento de minha cidadania e gostaria de falar com você. Meu endereço eletrônico é luciamarangheben@gmail.com

Afife Maria Roda Gomes disse...

poderia me passar numero do advogado , minha mae ja e cidada quero ir pra la e mais rapido.
meu imail mgocanada@hotmail.com

Marcia Alves Do Nascimento disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Marcia Alves Do Nascimento disse...

Olá Luana!

Teria como passar o contato do advogado?
e-mail e telefone

meu e-mail mmm.radiologia@hotmail.com

Att.

Útil & Fútil disse...

Boa Noite, muito grandiosa e generosa sua atitude. Meu nome é sandra email sanpaganini@gmail.com.

Se possível gostaria de comunicar-me contigo sobre o processo de cidadania requerida na Italia.

Obrigado e parabéns pela conquista!

Mayara Brito disse...

Ola Luana! Te adicionei no skype e escrevi a biblia pra vc la já, mas caso vc nao veja resolvi recorrer pelo e mail também afinal eu estou em processo de explosao ja ahahahaha
Parabens, vc é the beeest 👏

Meu e mail é masinha20@hotmail.com e minhas duvidas estao no seu skype ;) pode respondrr por la ou e mail
Vlwwwww

Jader Nico disse...

Oi Luana, gostei muito do post.

Gostaria de informações do agente que ajudou você. Quero tirar na Italia, mas tenho muitas dúvidas.
Por favor, me envie um email para poder te explicar minha situação.

jader.nico@gmail.com

Obrigado

Gislaine D'Agostini disse...

Oi Luana! Adorei o seu post e me ajudou bastante, mas ainda tenho algumas dúvidas.. meu e-mail é laine_67@hotmail.com

Obrigada!

Giovanni Schina disse...

Olá Luana! Ótimo texto. Estou pensando em ir para a Itália no fim desse ano e dois primos de primeiro grau já fizeram a dita cidadania... Tenho todos os documentos que usaram em mãos, então, creio que o próximo passo seria ir à comune e levar os documentos? Grato pela atenção e pelo texto muito bem escrito (sim, reparei na ortografia, está muito bem desenvolvida hahaha). Meu e-mail é altnetto@gmail.com

Grazielle Zamuner disse...

Oi Luana!
Li seu texto, e confesso, a realidade é bastante desanimadora.
Mas, como filha de italiano, vou correr atrás da minha cidadania! =)
Vou deixar meu email, aceito tudo que for informação que possa ajudar nesse processo longo e demorado! Ah, e uma dúvida bem específica: quanto em média preciso economizar para fazer a viagem para a Itália, e passar o período necessário para que o vigia venha se certificar de que sou residente do comune?
Obrigada!!

Grazielle Zamuner disse...

Oi Luana!
Li seu texto, e confesso, a realidade é bastante desanimadora.
Mas, como filha de italiano, vou correr atrás da minha cidadania! =)
Vou deixar meu email, aceito tudo que for informação que possa ajudar nesse processo longo e demorado! Ah, e uma dúvida bem específica: quanto em média preciso economizar para fazer a viagem para a Itália, e passar o período necessário para que o vigia venha se certificar de que sou residente do comune?
Obrigada!!

Grazielle Zamuner disse...

Oi Luana!
Li seu texto, e confesso, a realidade é bastante desanimadora.
Mas, como filha de italiano, vou correr atrás da minha cidadania! =)
Vou deixar meu email, aceito tudo que for informação que possa ajudar nesse processo longo e demorado! Ah, e uma dúvida bem específica: quanto em média preciso economizar para fazer a viagem para a Itália, e passar o período necessário para que o vigia venha se certificar de que sou residente do comune?
Obrigada!!

Jackie disse...

Bom dia Luana !
Parabéns pela força e determinação .
Meu pai e meu irmão já conseguirão a cidadania italiana . Eu agora quero dar entrada na minha lá na Itália .
Tenho algumas dúvidas sobre os documentos que vou ter q traduzir e legalizar .
Minha certidão precisa ser a normal ou a de (inteiro teor)?
E por favor me mande o contato do advogad
Muito obrigadoooo

Jackie disse...

Bom dia Luana !
Parabéns pela força e determinação .
Meu pai e meu irmão já conseguirão a cidadania italiana . Eu agora quero dar entrada na minha lá na Itália .
Tenho algumas dúvidas sobre os documentos que vou ter q traduzir e legalizar .
Minha certidão precisa ser a normal ou a de (inteiro teor)?
E por favor me mande o contato do advogad
Muito obrigadoooo

«Mais antigas ‹Antigas   1 – 200 de 231   Recentes› Mais recentes»