quarta-feira, 8 de setembro de 2010

eu sou eu e minhas circunstancias*



chovia.

acordou meio tonta com o despertador tocando. tinha se prometido recomeçar a corrida. uma quarta com cara de segunda, ela pensou.

levantou meio aos tropeços, vestiu e comeu a primeira coisa que viu. desceu. chovia horrores.

"preciso ficar magra E saudável", pensou ela. vou pegar uma pneumonia, é melhor voltar pra cama. "que frustração, devia era ter ficado dormindo". sentou. pensou na brancura do teto. "se bem que não, aí seria pior, ainda teria a culpa". pensamentos que iam e vinham.

fez abdominais e um chá, não necessariamente nessa ordem. vasculhou randomicamente a internet. pegou um livro. largou. olhou o relógio. que dia escroto.

pensou numa frase de ontem: "luxo é ter tempo, espaço ou silêncio". fato. pensou um pouco nisso. no quanto era bom cuidar de suas pequenas decisões. seus pequenos combinados consigo mesma. sua luta para fazer valer a pena. e a sua eterna busca.

e a sua eterna busca.

::

essa moça tá diferente, fato. e está bem feliz, essa moça. mas bem que ela queria passar mais um diazinho enrolando no edredom, sem tempo nem hora, definitivamente sem compromisso, só pra variar.

::