segunda-feira, 20 de setembro de 2010

o cão sem plumas


Em busca de consistência. sempre.

"Espesso
como uma maçã é espessa.
Como uma maçã
é muito mais espessa
se um homem a come
do que se um homem a vê.
Como é ainda mais espessa
se a fome a come.
Como é ainda muito mais espessa
se não a pode comer
a fome que a vê".

[João Cabral de Melo Neto]

Nenhum comentário: