quarta-feira, 5 de janeiro de 2011

a dor e a delícia. ou o ônus e o bônus


e mais uma vez estou aqui, na minha mesa de trabalho, no Alt + Tab entre a planilha de Excel incompleta, a inutilidade do Facebook e a promoção da AirFrance que sempre faz o meu dedo coçar.

e, entre as promessas pra 2011, fica essa uma vontade de levar os sonhos mais adiante, acreditar no meu instinto, prender a respiração e chutar o pau da barraca que tanto nos acomoda. fé em Deus e pé na tábua, sabe? superar essa lua em Libra, pesar menos e arriscar mais. faltaram-me 15 dias no mapa astral. para 2011 eu quero uma arianice que me permita acreditar e sair fazendo. menos ponderação e mais ação.

::

não é um post infeliz. o incômodo não é amargo. é que essa inquietude nos pulsa, sempre em vista de algo melhor, mais legal e mais incrível. plantamos flores em 2010. pra 2011, eu quero é mais.

::

o post não é amargo porque a vida que levamos tem o lado bom. claro. o trabalho é cool, todo mundo se conhece, a gente ri e aprende o tempo inteiro, fala merda e bebe champagne na abertura do festival, com as malditas 12 h/dia [ué, não eram 8?] pra gente reclamar, e aquela coisa toda que não anda em um Rio de Janeiro que ferve no verão [para o bem e para o mal] e segue nos mimando: cheio de filmes pra gente não ver, de shows que a gente não tem forças pra assistir, restaurantes pra gente se empanturrar de comida porque a gente merece, praias incríveis às quais não vamos porque não tem onde estacionar, o chopp gelado com os amigos pendurado nas promessas de ano novo.

::

e não é um post infeliz. mas é que estou sempre me perguntando em que momento a informação se perdeu entre 'eu quero ser astronauta' e 'eu sou produtora audiovisual'.

'não ter vida' por 'não ter vida', a vista lá de cima é bem mais interessante. mas talvez seja só uma questão de perspectiva.

será que na verdade o destino não está ali, depois da esquina, rindo pra mim com um vinho rosé gelado na mão e me guardando algo completamente diferente?

::

mas, como diria o Gael, "sin perder la ternura jamás". para o alto e avante. e viva 2011.

4 comentários:

Marcelinha disse...

Deus abençoe seus planos e a Riviera Francesa! :)

Michelle Chevrand disse...

Simples e direto! Vamos nessa!

Rosaly Raimondi disse...

Vai dar tudo certo!! Continue visualisando e sendo "proactive" que os passos vão sendo dados sem você perceber....Quando se der conta: chegou lá! :)

De onde vim? Para onde vou? disse...

"em que momento a informação se perdeu entre 'eu quero ser astronauta' e 'eu sou produtora audiovisual'"

hahahahaha - adorei!!!!!!