quarta-feira, 9 de fevereiro de 2011

mais pessoa

já que o Fernando Pessoa do post anterior agradou tanto, resolvi dividir esse aqui, que ganhei recentemente. é tão bom quando as coisas simplesmente se encaixam. e fazem todo o sentido.

"para além da curva da estrada
talvez haja um poço, e talvez um castelo,
e talvez apenas a continuação da estrada.
não sei nem pergunto.
enquanto vou na estrada antes da curva
só olho para a estrada antes da curva,
porque não posso ver senão a estrada antes da curva.
de nada me serviria estar olhando para outro lado
e para aquilo que não vejo.
importemo-nos apenas com o lugar onde estamos.
há beleza bastante em estar aqui e não noutra parte qualquer.
se há alguém para além da curva da estrada,
esses que se preocupem com o que há para além da curva da estrada.
essa é que é a estrada para eles.
se nós tivermos que chegar lá, quando lá chegarmos saberemos.
por ora só sabemos que lá não estamos.
aqui há só a estrada antes da curva, e antes da curva
há a estrada sem curva nenhuma."

Fernando Pessoa

::

é que, no fundo, eu sei que depois da curva da estrada tem um pote de ouro. desculpa. eu simplesmente sei, como todas aquelas coisas que a gente simplesmente sabe.

sabe?


Um comentário:

Paulo Gontijo disse...

Tipo: Eu sei que você sabe que eu sei que você sabe?