segunda-feira, 20 de junho de 2011

cheque-mate.


"You spend all your time preaching about waiting for love. Well, here it is. Right in front of you, and you're going to turn your back on it. So I guess we're just fucked. I'll move on. But you are going to have to live the rest of your life knowing that you've turned your back on love. And that makes you a hypocrite. Have a nice life".

[Diálogo retirado do "Segundas Intenções"]


::

E foi assim que acabou o nosso amor: Com o cheque-mate da rainha.

E o rei caiu, atônito, afônico. Mas não desceu daquele trono nem pra impedir que ela partisse.

E agora assim que vai ser a vida: Pra sempre ele vai olhar pra ela de longe como a menina do vestido esvoaçante que ele escolheu deixar ir embora.

E aí talvez um dia ele ligue. Ou não. E aí talvez ela atenda. Ou não.

Nenhum comentário: