domingo, 12 de junho de 2011

oh happy day



Fiquei pensando o que escrever no dia de hoje. Dia dos namorados. Mais uma data comercial inventada pra aumentar as vendas e fazer alguns tão felizes e outros tão tristes.

Mas, na boa? Adoro dia dos namorados, assim como adoro aniversários, reveillons, carnavais e até o Natal, com toda aquela tristeza e toda aquela saudade. Adoro isso de estar viva e curtindo o momento. E, por isso, adoro esse dia feito pra celebrar o amor, a nossa capacidade de encontrar pessoas especiais, de abrir o coração pro outro, de ir conhecendo e se encantando aos poucos, de ter uma capacidade infinita de se apaixonar pela novidade, pelas diferenças, pelos momentos incríveis. Acho sensacional a forma que o dia é celebrado nos Estados Unidos, em 14 de fevereiro, dia de São Valentim. Lá, na terra do time is money, Valentine's Day é dia de dizer pro amigo o quanto você o ama, é dia de dar flores pra avó. Um dia feliz. Simples assim.

É, as vezes dói. Mas que bom que temos essa infinita capacidade de curar as cicatrizes, aprender com os erros (nossos, deles), erguer a cabeça e andar com a vida. E que os muitos quebramolas do caminho não magoem a ponto de nós tornarmos cretinos incapazes de acreditar no amor. Quem não gosta de dia dos namorados é porque não sabe (mais) amar.

Fiz então uma seleção de fotinhos catadas por aí especialmente pra esse dia.










::

Além disso, hoje é o aniversário de duas pessoinhas tão especiais pra mim. Resta então ficar feliz pela vida que, definitivamente, é a arte do encontro :)

Nenhum comentário: