quinta-feira, 9 de junho de 2011

Pasárgada



"Eu moro dentro de mim mesmo". Quintana.

::

E aí que, de repente, num relance em meio de uma tarde chuvosa, você se dá conta de que está feliz de novo. E que era só uma questão de dar um passinho pra trás, olhar sua vida de longe, lembrar quem você é, redirecionar e sorrir.

2 comentários:

Sempre Viva! disse...

É o foco ou... basta mudar a lente, por isso somos feitos de lentes intercambiáveis ;)

Doce Espera disse...

É isso ai!!!
Redirecionando sempre para buscar a felicidade!!!

Bjokas