quinta-feira, 24 de novembro de 2011

I would like to say "Thank You"


Primeiro Thanksgiven. Nunca tive um Dia de Ação de Graças porque vivo num país onde esse feriado não existe e sempre achei meio esquisito esse feriado. No fundo eu pensava "americano não tem mais o que inventar". Será? De uns tempos pra cá, me peguei pensando como é legal ter um dia como esse.

Sinto falta desse dia para as pessoas se encontrarem sem uma figura religiosa em torno. Tá certo que poucos de nós comemoram o Natal pela figura do Menino Jesus em si. Mas acho tão bacana isso de simplesmente agradecer.

E fiquei pensando que tenho mais é que agradecer, mesmo. Por tudo o que aconteceu esse ano que passou, por mais complicado e doloroso que tudo tenha sido. E como tudo mudou. E o quanto eu tenho aprendido, ainda que a solavancos, com esse tudo.

Queria começar agradecendo à minha família. Nós somos o que somos e isso que somos no fundo é tão bonito. Uma história que começou há algumas gerações atrás e vem se construindo de forma tão sólida, tão diferente, tão melhor do que todas as outras. Porque é a nossa e ponto final.

Agradecer aos meus amigos, a minha segunda família, pela escolha. Por fazerem a diferença. Por me darem a mão e não soltarem nunca. Por todo esse nosso cuidado. Por me trazerem de volta para o melhor de mim mesma.

Agradecer a "Sabe Deus que força é essa" por ficar me dando sempre novas chances de acreditar que ser feliz é possível.

E, claro. Queria agradecer especialmente à minha amiguinha tão linda que sabe bem quem ela é. Por ter me dado a oportunidade de me transformar numa pessoa tão melhor. Por tudo o que ela me ensinou nos últimos meses, mesmo às duras penas, mesmo sem que ela consiga agora perceber. Pela integridade, pela capacidade de se reinventar e por toda essa coragem que me consola e me devolve o fôlego depois de cada onda.

<3

Nenhum comentário: