quarta-feira, 15 de janeiro de 2014

Sede e paciência


Morreu Juan Gelman e hoje conheci esse poema de arrancar o fôlego.

No es para quedarnos en casa que hacemos una casa
No es para quedarnos en el amor que amamos
y no morimos para morir
Tenemos sed y
paciencias de animal


sem mais.



Nenhum comentário: